Frequentado por uma boemia cativa que não dispensa uma farra nem uma boa comida de raiz, o Largura é um dos bares mais antigos de Casa Forte, na Zona Norte do Recife. Era 1989 quando o proprietário Wilson Largura abriu as portas do estabelecimento na rua lateral da Igreja de Casa Forte.

“Até hoje tenho uma clientela que paga minhas contas, graças a deus. Tem uma cliente que se mudou pra Califórnia, mas toda vez que vem ao Recife não deixa de bater ponto aqui”, conta o dono, que cativa todo mundo com sua simpatia.

Foto: Marina Suassuna/PorAqui

Uma das marcas registradas do bar são os cartazes que decoram as paredes com filosofias escritas pelo próprio Largura. Excelentes tiradas que arrancam riso de qualquer um.

Aliás, o Largura é daqueles bares de clima familiar, que faz qualquer um se sentir em casa, totalmente sem frescura. Passando em frente, ninguém imagina o espaço que tem atrás, já que a entrada do bar é apertada e estreita.

No quintal, rola de fazer eventos, levar os instrumentos, ir almoçar com a família, fazer happy hour. De tudo um pouco.

Chico do Guaiamum: um patrimônio vivo do Poço da Panela

Carnaval das antigas

Além dos petiscos e do almoço regional a partir de 13,90 , da cerveja gelada e das mais de 20 opções de cachaça, o Largura é fonte de muita história.

Entre 1993 e 2007, o bar movimentava o bairro de Casa Forte com o Bloco Norma da Meia Noite, que saia no domingo pré-Carnaval.

Nos anos 1990, o bar movimentava a rua com sua prévia de Carnaval – Foto: Wilson Largura/acervo pessoal

“O bloco tinha esse nome porque minha mãe, quando era viva, tinha o horário de fechar o bar de meia noite. Muita gente achava que o nome dela era Norma. Mas na verdade era Estelita”, conta achando graça.

“Eu fechava a rua para o evento. Tirava os cavaletes só pra o bloco dar uma volta na Praça de Casa Forte com a orquestra acompanhando e voltava pra cá. Era uma farra danada”, relembra.

Largura Bar e Restaurante
Rua Jerônimo de Albuquerque, 166, Casa Forte
De terça a domingo, a partir das 11h até o último cliente