Quando usamos a expressão “foi pro beleléu”, geralmente significa que algo se perdeu, que foi para lugar desconhecido. Quando vi que um bar abriu no bairro de Casa Forte com esse nome, achei super curioso. Apesar da curiosidade, só recentemente fui visitar o local, que fica numa tranquila (à noite) pracinha quase à margem do Rio Capibaribe.

(Foto: Jorge Arranja/DCVM)

Quando cheguei lá, vi uma arquitetura diferente do convencional: o local é um vão aberto, com um container que faz as vezes de cozinha e um pequeno bar de alvenaria. As mesas ficam dispostas nesse espaço descoberto (mas com toldos, caso chova). Já era fim de noite de um dia de semana e o local tinha apenas umas duas ou três mesas ocupadas. A especialidade da casa é o hambúrguer e deve ter uns vinte tipos de sanduíches (variando entre carne, frango e vegetariano).

(Foto: Divulgação)

Antes de escolher o sanduíche, dei uma olhada nas entradas e achei interessante uma que se chamava Baconportados (R$ 16,90, porção com uns 8 pedaços). Pedi o petisco/trocadilho, que consiste em pequenos pedaços de frango frito, enrolados no bacon, com uma farofa de alho. Depois do pedido da entrada, fui decidir com mais tranquilidade o sanduíche do dia: fui de Terra Brasilis (lascas de filé com molho gorgonzola e farofa crocante de alho), que custa R$ 25 , com uma porção de chips de batata doce (R$ 5).

Baconportados (Foto: Jorge Arranja/DCVM)

Em uns 10 minutos, chega o sanduíche, que pode vir com pão australiano ou brioche. Vem bonito, bem montado, sem excesso nem falta de recheio. Filé macio, farofa de alho gostosa (apesar de não estar crocante, pois o molho de queijo “amoleceu” a farofa), molho cremoso, mas com gosto muito suave de gorgonzola.

Foi uma refeição quase boa… “quase” porque o pão australiano estava bem abaixo do recomendado. Se esfarelando completamente e seco, praticamente comi metade do sanduíche na (bonita) travessa em que foi servido o sanduíche. Uma pena, pois apenas um dos itens comprometeu – não totalmente – o conjunto da obra.

Terminei o sanduíche e já ia pedir a conta, quando me lembrei: cadê o petisco/entrada que pedi antes do sanduíche?Quando perguntei à garçonete sobre o frango frito, ela foi verificar com a cozinha e ouvi o cozinheiro dizendo: “Demora mesmo, já já sai!”. Não era exatamente o que queria ouvir, mas depois de uns 5 minutos (uns 30 minutos depois do pedido feito), chega a “entrada”.

Na hora de servir, a garçonete gentilmente me explicou que a demora ocorre pois o frango tem que ficar bem fritinho. Muito legal ela ter vindo explicar isso, mas a informação deve ser passada na hora que o cliente efetua o pedido… Independente disso, pense num brebote gostoso! O bacon bem crocante deu um gosto excepcional ao petisco. A farofa é desnecessária pela textura – o bacon já cumpre o papel de crocância -,  mas o alho complementa de maneira bem saborosa o pedido.

?? Corra do… pão australiano. Além de bem ressecado, se desfez todo durante as mordidas.

?? Corra para… Baconportados. Bacon (bem feito) é vida!

Beleleu
Rua Samuel Farias, 71, Casa Forte, Recife – PE
Horário: Terça a sábado, das 18h à 1h | Domingos e feriados, das 18h às 22h
Telefone: (081) 99930-9313

Por Jorge Arranja do De Colher Vem Mais

Quando três amigos apaixonados por comer (e cozinhar) se reúnem, a conversa não pode ser muito diferente de restaurantes, jantares, pratos e receitas. Não falamos de temperos ou destrinchamos a alta gastronomia, mas fazemos uma verificação empírica de como nossos restaurantes, bares e lanchonetes andam caprichando, para que você saiba os melhores pratos e as melhores casas. E lembre: de colher vem mais!

O conteúdo das colaborações não reflete necessariamente a opinião dos editores do PorAqui.