Aberto desde o carnaval, o Broiler Burger às vezes passa despercebido por quem frequenta a Zona Norte. É que ele fica quase no mesmo espaço da boate Monteiro, onde funcionava o antigo bar do estabelecimento – naquela pracinha antes do Plaza, na frente do antigo Come Come. Um olhar menos atencioso, faz tudo parecer a mesma coisa. Mas vale prestar atenção: os sanduíches de lá são bem especiais.

LEIA TAMBÉM
Appenini agora também serve almoço em Campo Grande

E vamos começar pelo pão! Das muitas hamburguerias que já fui aqui no Recife, nunca encontrei um pão tão gostoso como o amanteigado – que divide o cardápio do Broiler com o tradicional e o australiano. Os molhos são as outras estrelas. Todos feitos por lá mesmo com maionese caseira: alho poró, da casa (alho e ervas), chimichurri (com maionese, mais suave), creme de milho e queijo. O melhor é que eles vêm à parte e dá pra pedir mais de um, sem pagar a mais.

Mas é a carne, claro, que é o carro-chefe do Broiler. Os hambúrgueres são todos feitos com carne fresca (e não congelada) 100% fraldinha e são bem grandes: 180 gramas. Todos os discos  são feitos pelo gastrônomo Christovam Tenorio – sócio da casa ao lado da esposa Pollyanna Salgado e de Júlio César. “São temperados só quando vão para a grelha”, conta Christovam.

Um dos choripans da casa. Foto: Divulgação

O resultado é um hambúrguer suculento, com o ponto da carne escolhido pelo cliente. Como o nome da casa indica, os hamburgueres são feitos em uma churrasqueira americana chamada charbroiler. “Nesse tipo de churrasqueira, que é a gás, dá para sentir o sabor defumado da carne”, conta Christovam. Vale dizer que o local não é fast-food: os sanduíches demoram de 10 a 28 minutos, dependendo do ponto da carne.

O cardápio é enxuto, e, como bem diz Pollyanna, sem frescuras. “Nós somos fãs de hambúrguer. E quando começou essa onde gourmet, a gente ia nas hamburguerias e tinha coisas como molho de beterraba, de rúcula, muitos ingredientes em um sanduíche só, e você acabava não sentindo o gosto”, diz.

Na Broiler Burguer há quatro tipos de hambúrguer e todos são acompanhados por uma porção de batata chips: o cheeseburguer (R$ 16), o cheesebacon (R$ 18), o broilerburguer (esse monstro lindo da foto que abre este post, com 360 gramas de carne, bacon e dois tipos de queijo). O que eu provei era uma delícia, o choriburger (R$ 23). Ele leva um hambúrguer de 180 gramas, mais uma linguiça de pernil, queijo e salada.  Por recomendação de Pollyanna, pedi o meu com queijo prato e o inesquecível pão amanteigado. Sim, lá dá para escolher os tipos de pão, de queijo (cheddar ou prato) e de cebola (tradicional ou caramelizada).

Christovam e Pollyanna, o casal que comanda o Broiler Burger. Foto: Maria Carolina Santos/PorAqui

Os choripans – sanduíches no pão baguete com algum tipo de linguiça – variam de R$ 13 a R$ 16. E os sanduíches tradicionais, como o Brasileirinho, que leva muita mortadela chapeada e muito queijo, vão de R$ 18 a R$ 22. De sobremesa, a sugestão são os dudus por R$ 4.

A casa funciona de quarta-feira a domingo, em horários engraçadinhos: de quarta e quinta-feira, de 18h03 às 23h04. Sextas e sábados, 18h03 até 00h04. Domingos, de 17h33 às 22h34. Dia de quartas-feira é dia de clone, com um sanduíche eleito por mês para participar da promoção.

Broiler Burger
📌 Rua Figueira Filho, 105, Parnamirim. Recife -PE
⏰ Quarta e quinta-feira, de 18h03 às 23h04. Sextas e sábados, 18h03 até 00h04. Domingos, de 17h33 às 22h34.
📞 99615-7007
Redes sociais: Facebook | Instagram
Delivery: Pelo Rappi, a partir do dia 20/09