Inaugurado há um ano na Rua do Marquês, número 43, o Cordel Café Especiais fica em uma charmosa e discreta casa no bairro de Parnamirim. As mesas de madeira na varanda são um convite para saborear o cardápio da casa olhando para rua e, na nossa visita, até levando um ventinho numa rara noite de brisa em março.

Já o ambiente interno é simples e acolhedor. Mesmo com quatro mesas sendo atendidas, o garçom não demora para chegar e é gentil. Peço um dos mais pedidos da casa: um sanduíche de rosbife feito com massa de pão de queijo (R$ 17,90). Para acompanhar, outro da lista de favoritos, um cappuccino com creme de avelã (R$ 10,50).

De cara, dá para perceber que a cozinha do restaurante tem uma ótima qualidade: sabe dosar a mão na doçura. Nem o cappuccino com avelã, nem um com caramelo que também provei, estavam doces demais. O sabor era suave.

Quatro cafés charmosos em um raio de 1km em Parnamirim

Claro que quem pede um cappuccino de creme de avelã quer um café doce. Mas, aqui no Cordel, o creme é distribuído pela borda da xícara e na colherinha que acompanha o café. Cabe ao cliente dosar.

O tostex feito com massa de pão de queijo é gostoso e chega bem quentinho à mesa. A textura não atrapalha o sabor se você comê-lo logo, mas se demorar… É melhor deixar para conversar antes ou depois do tostex. Ele não é grande e dá pra comer rapidinho.

O tostex com massa de pão de queijo chega quentinho na mesa. Foto: Maria Carolina Santos/ PorAqui

Além do de rosbife, tem outros mais em conta que também merecem destaque como o italiano, que vem com tomate assado, orégano e mussarela (bem recheado, por R$10,50), e o de carne de sol, que leva também cebola caramelizada, pelo mesmo preço.

Na parte de sobremesas, o bolo de queijo com calda de banana (R$ 8,50) salta aos olhos. É saboroso e, mais uma vez, doce na medida certa. Outra boa pedida é o bolo de milho com cobertura de goiabada morna, também por R$ 8,50.

Para quem quiser conhecer esse agradável café, seguem os horários de funcionamento. De segunda a sexta-feira, das 13h às 21h. No sábado e no domingo abre mais cedo, às 9h, para o café da manhã, com omeletes (a partir de R$ 14,90), cuscuz (com queijo, por R$ 9,50), entre outras delícias.

E, sim, tem Wi-Fi.

Cursos
Além do espaço de restaurante, o local também oferece cursos para amantes do café, como o de barista. Dá para acompanhar a agenda pelo Facebook do espaço.