A importância da música popular na construção da identidade argentina é tema do documentário que estreia nesta quinta-feira (18), no Cinema do Museu. Batizado de Argentina, o filme é dirigido por Carlos Saura e conta com participações de Mercedes Sosa, Pedro Aznar, Soledad Pastorutti e Luis Salinas. Explorando a música popular, o documentário mescla passado, presente e futuro para se aprofundar no folclore argentino. 

Horários: QUI 18/05 18h15 |  SEX 19/05 14h45 | DOM 21/05 18h | TER 23/05 16h35 | QUA 24/05 14h25

Já no sábado (20), às 20h, o público poderá conferir a pré-estreia da ficção Dégradé, uma coprodução da França com a Palestina, dirigido por Tarzan e Arab Nasser. Num dia de verão na Faixa de Gaza, o salão de beleza de Christine está cheio de mulheres: uma noiva, uma grávida, uma religiosa, uma divorciada amargurada e uma viciada em remédios tarja preta. 

O dia de lazer é interrompido quando tiros irrompem do outro lado da rua. Uma família do submundo do crime roubou o único leão do zoológico de Gaza, e o grupo terrorista Hamas decidiu que chegou a hora de acertar as velhas contas. Presas no salão, com a perspectiva de morte cada vez mais próxima, as mulheres se perguntam: Como será o fim desse dia?

Pré-estreia: SAB 20/05 20H

MAIS FILMES – Continuam em cartaz os filmes Fátima, a animação Tartaruga Vermelha e o clássico Gritos e Sussurros, além do documentário brasileiro Taego Ãwa, na Sessão Vitrine Petrobrás.

Os ingressos custam R$ 14 (inteira) e R$ 7 (meia). Às terças-feiras, o preço é único: R$ 5 (R$ 7 para 3D). Nas quartas-feiras, tem a Quarta Bossa Mestre, com entrada gratuita para professor.


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui , você tem estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Para baixar o aplicativo:  Android iOS

Sugestões e colaborações: casaforte@poraqui.news ou (81) 9.8173.9108