De família turca, nascido na Bélgica, falante de 5 línguas e que se apaixonou pela capoeira na Holanda. Há um ano e meio morando no Recife, Alaaddin Uçar tem apenas 31 anos, mas uma vida de ritmo acelerado, que ele narra em um português quase perfeito (as outras línguas? turco, alemão, flamengo e inglês).

O mais novo e importante episódio da vida de Alaaddin é a lanchonete de kebab que leva seu nome e abriu há um mês na Avenida Dezessete de Agosto, na curva perto da Praça de Casa Forte. De segunda a segunda, ele está lá comandando a cozinha e atendendo aos clientes. Não tem dia nenhum dia de folga.

LEIA TAMBÉM
‘Recife Indica’ dá 5 dicas para ter um Instagram gastronômico de sucesso

Mesmo quando teve uma crise de coluna há alguns dias – ele tem duas hérnias de disco (calma, essa informação vai fazer sentido logo mais) – Alaaddin não se deu folga. Amarrou uma corda nas costas, para mantê-la em uma posição que não doía tanto, e foi trabalhar. Faz questão de cortar a carne do kebab para todos os clientes.

Esse amor por carnes é antigo. Ele fez um curso de açougueiro e de chucrutaria na Bélgica: sabe todas as etapas das carnes, desde os cortes até a preparação de linguiças e presuntos. “Tudo aqui no restaurante eu que faço. Os molhos, a folhagem (como ele chama o pão sírio), o preparo das carnes, o tempero. Aqui, é o meu sabor”, comenta.

Alaaddin com o döner kebab, Foto: Maria Carolina Santos/PorAqui

Sim, as hérnias de disco.

Há cinco anos, Alaaddin teve uma crise séria: ia ter que ficar dois meses afastado do trabalho – um supermercado da família. Desanimado com o prognóstico, decidiu que era hora de mudar de ares. Queria passar o tempo de licença em outro país.

“Não queria ir para a Turquia, porque já me era conhecido. Queria um lugar novo, diferente de tudo que eu tinha visto”, conta. O mestre de capoeira dele na Holanda sugeriu o Recife, sua terra natal. Alaaddin veio e na primeira semana as dores nas costas passaram – fato que ele atribui ao clima estável. Foi aí que o Recife conquistou o turco.

Naquelas primeiras semanas ele também notou duas coisas. “Aqui as pessoas gostam de sair para comer e não tinha nenhum kebab, como é tão comum na Europa. Pelo menos nenhum de qualidade”, lembra. Nos anos que se seguiram ele voltou várias vezes ao Recife, até que no começo de 2017 veio de vez e com planos concretos de abrir um negócio.

Alaaddin, porém, subestimou a burocracia brasileira. Teve também que enfrentar atrasos com fornecedores – espera já há seis meses a entrega de uma churrasqueira, que vai aumentar o cardápio da lanchonete.

Apesar dos percalços, Alaaddin não desanimou. Depois de finalmente conseguiu abrir o seu kebab, ele continua a planejar. “Minha ideia é fazer uma franquia no Brasil”.

Cardápio do Alaaddin Kebab Store

O forte da casa, claro, é kebab: carne cozida em um “espeto”. Há vários tipos de kebab no mundo árabe. No Alaaddin há alguns  dos tradicionais: o “dôner”, que é a carne bovina cozida verticalmente, o mais associado ao nome kebab; o adana, feito com carne de cordeiro, pimenta (bem leve) e sal; e o kofte, que é uma mistura de carnes. Tem também de carne moída e de frango.

As carnes podem ser pedidas em sanduíches no pão sírio que custam R$ 19,95 e são BEM generosos. O de carne moída é mais barato: custa R$ 17,95. O molho é a escolha do freguês. O turco cacik, que leva iogurte natural, ervas e alho, é uma boa escolha. O pedido também pode ser feito no pão baguete de 25cm por R$ 22,95.

Prato de kebab. Foto: Facebook/Reprodução

As carnes podem também vir em pratos com três acompanhamentos, mais molho: arroz com grão de bico ou burgur (grosseiro de trigo) ou batata frita; salada mediterrânea ou mista; e pão turco. Os preços variam de R$ 24, 95 (kebab de frango) a R$ 36, 95 (costelinha de carneiro).

A casa tem também uma sopa, de lentilha, com preço bem convidativo: R$ 7,99. Para quem gosta de uma sobremesa árabe (deliciosas!), Alaaddin lembra que o cardápio da casa deve aumentar em breve.

E se você não é do tipo que gosta de se “aventurar” em outras culinárias, não precisa ter receios. Os kebabs podem até ter nomes diferentes, mas a comida do Alaaddin é bem gostosa e muito acessível ao paladar brasileiro. E, olha, tem até delivery: 3034-1516.

Alaaddin Kebab Store
📌 Avenida Dezessete de Agosto, 1310, Casa Forte.
⏰ Horário de funcionamento: segunda a quinta: 11h às 23h; sexta e sábado, 14h30 às 23h; domingo, 14h30 às 23h.
📞 Telefone: (081) 3034-1516