Enquanto caminhava com os amigos pela Rua Luís Guimarães, no Poço da Panela, o engenheiro agrônomo Augusto Fernandes encontrou um filhote de tartaruga (já morto), esmagado no asfalto, e fez uma denúncia em sua página pessoal no Facebook. 

"Ainda andei com ele na mão até enterrá-lo", contou ao PorAqui, nesta quinta-feira (26). "A sensação que tive foi de grande tristeza e indignação, ao perceber que as pessoas impõem a sua condição social acima de qualquer respeito ao meio ambiente. Digo isso por conhecer bem o bairro e saber que ele é um dos mais valorizados da cidade. Mas, mesmo assim, as pessoas parecem despreocupadas com a situação de degradação ambiental atual do Rio Capibaribe. Elas tampouco entendem que nele ainda existe e resiste uma diversidade a ser preservada. O fato é que viver nessa selva de pedra petrificou o coração de muitos", diz Augusto.

(foto: Augusto Fernandes/colaboração)

Na manhã do último domingo (22), ele encontrou o filhote, no local onde existe o tráfego de veículos dos moradores, dos condomínios e dos casarões situados no entorno. Não há nenhuma obra nos arredores, segundo ele.

"Espero que as pessoas tenham mais senso de comunidade e procurem se informar e se educar melhor sobre o meio em que vivem. Não quero culpar quem causou a morte do filhote, até por achar que ele nem teve a chance de ver o que fez. Porém, gostaria de despertar nos moradores que vivem num local privilegiado de verde e de vida a vontade de colaborar pela sua conservação. É um bairro de gente esclarecida e formadora de opinião. Afinal, lá moram médicos, juízes, empresários, professores universitários, enfim pessoas teoricamente com senso de cidadania elevado", completa.

E você: já encontrou algum bicho numa situação degradante ali pelo rio? O que acha que pode ser feito para que a fauna e a flora da beira do Capibaribe, no Poço da Panela, sejam melhores conservadas?


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Baixe agora o app gratuito e cadastre-se: Android iOS

Sugestões e colaborações: casaforte@poraqui.news