Desde 2007, o Empório Pescadero entrou no mercado das delicatessens em Recife. Localizado no Poço da Panela, veio com a proposta de trazer novos produtos diretamente de São Paulo (que não existiam aqui). Abriu as portas como uma das precursoras na cidade, além da tradicional Casa dos Frios.

O empresário Fenelon Moreira, criador da antiga Come-Come, foi visionário ao perceber a demanda do público do bairro –e, apesar da crise econômica comum a todos os setores atualmente– colhe muito bem os frutos da investida até hoje. 

Ele bateu um papo com o PorAqui recentemente sobre empreendedorismo no bairro. Confira:

"Montamos a loja baseados na ideia de trazer iguarias de São Paulo pra cá, sabendo que havia esse público aqui. Só faltavam mesmo os produtos. Antigamente, você só tinha a Casa dos Frios no mercado das delicatessens da cidade", diz ele, proprietário também de uma distribuidora de bebidas e queijos na Ceasa.

A crise afetou as vendas do local, sim, mas a ordem é se reinventar, diante das dificuldades. 

"Com certeza, sentimos [a crise]. Um cliente que fazia churrasco todos os finais de semana faz um final de semana agora ao mês. Uma pessoa que saía pra andar de barco todos os finais de semana e passava aqui pra comprar os itens agora, também, só passa uma vez. Isso todos os setores sentiram, não fomos apenas nós. E na crise, você tem de criar novas oportunidades" completa. 

Além disso, pra quem deseja investir no ramo da alimentação a dica é clara. "Fazer o que gosta, com muita dedicação. Fácil não é não. E você sempre tem de reinvestir", finaliza.


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Para baixar o aplicativo: Android iOS

Sugestões e colaborações: casaforte@poraqui.news ou (81) 9.8173.9108