Nesta quinta-feira (25), a partir das 21h, o Barchef vai receber o lançamento do livro Músicos na Cozinha, produzido com incentivo do Funcultura. Como o próprio nome sugere, a publicação revela a veia gastronômica dos profissionais ligados à indústria fonográfica em Pernambuco: músicos, cantores, DJs, produtores, que compartilham suas receitas favoritas.

O lançamento acontece em clima de festa no Pub com dois entrevistados do livro, DJ Dolores e o DJ Patrick Tor4, que vão discotecar ao longo da noite, mostrando todo o seu cardápio musical com entrada gratuita. Na publicação, DJ Dolores compartilha sua receita de cuscuz marroquino, trazida numa de sua primeiras viagens ao velho continente. Já Patrick Tor4 ensina a fazer camarão com molho de manga.

Foto: Divulgação

“A ideia do livro era apresentar ao mundo este outro lado dos músicos, com receitas surpreendentes e dicas que foram desenvolvendo na estrada, em viagens e no aprimoramento cotidiano”, diz a apresentação do livro, que é dividido em forma de cardápio, com entrada, aperitivos, prato principal e sobremesa.

Entre os entrevistados estão nomes pernambucanos como DJ Dolores, Nicola Sultanum, Isaar, China, Patrick Tor4, Ylana Queiroga, Claudio N, Zé Cafofinho, Renata Rosa, entre outros músicos convidados de outras partes do país, como a cantora Tiê e Thiago Pethit.

Aninha e Lulu Araújo, da dupla As Fadas Magrinhas, compartilham a sua receita de naked cake e pão de ló. Foto: Flora Pimentel/Divulgação

Com 120 páginas e entrevistas feitas por Ana Garcia, Alexandra Cisneiros e Jarmeson de Lima com diagramação de Raul Luna, Músicos na Cozinha reúne não só uma variedade de estilos musicais entre os convidados, mas também um enorme cardápio de receitas e dicas afetivas com sugestões de sopas, aperitivos, carnes, frutos do mar e sobremesas.

O livro ainda reserva um pequeno glossário de termos e pratos típicos locais, além de um guia de 100 lugares para comer na capital pernambucana.

Confira, na íntegra, a receita do cuscuz marroquino compartilhada pelo DJ Dolores:

Ingredientes: sêmola de trigo, cebola, alho, gengibre, pimentões, pimenta dedo-de-moça, cebolinha, coentro, alecrim fresco, vinho branco, noz moscada.

Tudo começa como sempre deve começar:

  1. Pique cebola, alho, gengibre, pimenta dedo-de-moça, cebolinha, um pouco de coentro e alecrim fresco. Use quantidades de acordo com seu gosto. Há quem ame e há que deteste o coentro, por exemplo;
  2. Refogue a cebola e o alho e depois acrescente as vieiras e os picadinhos;
  3. Mexa e deixe cozinhar um pouco, então ponha vinho branco de acordo com seu gosto;
  4. Ponha uma pitada de noz moscada e, em fogo baixo, cozinhe até que o vinho evapore e o caldo fique um pouco mais denso. Costumo usar o vinho generosamente, pois antes de servir o prato, pode-se degustar um pouco daquele caldo entre adocicado e o ardido refrescante;

O couscous é muito fácil de fazer:

5. Ponha a mesma quantidade de couscous e água fervente num recipiente;

6. Tempere, deslize um fio de azeite e jogue umas folhas de hortelã fresco. Deixe descansar e surpreenda-se com o resultado final;

7. Para completar, pique os pimentões, acrescente brotos de feijão (mais uma coisa que aprendi a amar depois de muitos anos sobre a terra) e refogue tudo apenas com uma boa manteiga, sempre ao seu gosto;

8. Na manhã em que fui comprar os ingredientes, vi essas lindas e delicadas mini berinjelas. Cortei-as ao meio, pus um pouco de sal, pimenta do reino e queijo goda. Deixe-as no forno, tomando o queijo como referência. Queijo derretido derrete os corações mais duros;

9. Antes de comer, abra o apetite com algum drinque. Gosto e combinar uma boa cachaça mineira com caldinho das vieiras em versão altamente etílica do nosso Ele & Ela de boteco;

10. Agora, monte o prato gulosamente, mas antes ponha um montinho de broto de alfafa por cima das vieiras e os legumes sobre o couscous. Bom apetite!

 Lançamento do livro “Músicos na Cozinha”  – Discotecagem com os Djs Patrick Tor4

Quinta (25), às 21h
Barchef Casa Forte – Av. 17 de Agosto, 1893 – Poço da Panela, Recife
Entrada gratuita
Preço do livro: R$ 20,00 (já a venda no Café Borsoi)