Toda semana, sempre a partir da quinta-feira no final da tarde, uma Kombi estaciona na Praça de Casa Forte. Carinhosamente chamada de Doralice, ela tem uma decoração especial, com um gramado artificial, cortinas vermelhas, bancos estofados de verde e branco e a pintura da parte de baixo na cor verde.

Nascida em 1994, Doralice foi totalmente recuperada e adaptada para receber o projeto O Meu Jardim, uma loja móvel criada pela ex-publicitária Cláudia Araújo e pelo jornalista André Amorim (mãe e filho) para comercializar plantas. As vendas acontecem de quinta a sábado, sempre das 16h às 21h, na Praça de Casa Forte.

Cláudia Araújo, dona do empreendimento – Foto: O Meu Jardim/Facebook

A maioria são plantas de pequeno e médio porte, como cactos, suculentas, miniantúrios, ceropégias, barbas de moisés e rosas do deserto. “São plantas de cuidado fácil, que exigem pouca manutenção, ideais pra quem quer ter um cantinho verde em casa, mas que não tem tanto tempo pra se dedicar”, explica André.

Pallets e caixas de feiras complementam a decoração e servem de suporte para o mostruário, onde também podem ser encontradas hortinhas de manjericão, pimenta, alecrim, sálvia, salsa, tomilho, tomate e até algumas ervas pra chá. O visitante ainda pode encontrar vasinhos e terra preparada pra comprar. Os preços das mudas variam de R$ 15 a R$ 130.

Foto: O Meu Jardim/Facebook

“Trabalhamos com encomendas também. Fazemos lembrancinhas pra casamentos, batizados e uma cliente já levou uma mudinha nossa até pra maternidade, mesmo não sendo permitido”, conta André.

Dentro da Kombi, há uma caixa de pallet com livros, as pessoas podem pegar e trocar por outro. Doralice chama tanta atenção que não lhe faltam pretendentes. “Muitas pessoas fazem oferta pela Kombi, mas ela não tem preço! Muitos acham que Doralice é a minha mãe, é engraçado até”, se diverte o empreendedor.

VEJA TAMBÉM: Um roteiro turístico pra curtir Casa Forte e Poço a pé

plant truck

Tudo começou com uma página no facebook intitulada O Meu Jardim, em que André divulgava vídeos que ele mesmo filmava e editava com a mãe fazendo pequenas coisas em seu jardim.

“As pessoas foram curtindo muito a página e começaram a perguntar se a gente vendia os produtos, as plantinhas, aí decidimos procurar amigos que tivessem uma demanda de mercado. Fizemos cursos no Sebrae pra poder entender a viabilidade do projeto e começamos a ir pra rua”, explica o microempreendedor.

Foto: O Meu Jardim/Facebook

No começo, o Meu Jardim se resumia a uma banquinha com alguns cactos e poucas suculentas, que ficavam expostos na  Feira de Orgânicos de Casa Forte, aos sábados. “Na medida em que a procura foi crescendo, sentimentos a necessidade de ter algo maior e por causa da moda dos food trucks, a gente teve a ideia de criar um plant truck e por isso adaptamos a Doralice.”

Moradores do Poço da Panela – onde, aliás, existe um Jardim Secreto -, André e Cláudia têm a Praça de Casa Forte como principal local de negócio, embora estejam expandindo para outros espaços públicos da cidade. Nos domingos, eles encostam na Praça Eça de Queiroz, em frente ao Café São Braz da Madalena, no mesmo horário.

Recentemente, foram convidados a estacionar no Café Borsoi, em Boa Viagem. “Vamos pra qualquer lugar onde somos convidados”.