A programação do Cinema no Museu (no Museu do Homem do Nordeste) está bastante variada neste pós-Carnaval, com destaque para a pré-estreia do longa franco-alemão O que está por vir, que acontece neste sábado (4), às 20h30. 

Se o seu plano for ficar tranquilo no final de semana, fique de olho nas informações abaixo.

O que está por vir

Segundo o crítico da Folha de S. Paulo, Cássio Starling Carlos, a película reverbera questões equivalentes às postas por "Aquarius", como o anacronismo e a dissintonia. Outro tema comum aos dois longas, de acordo com ele, encontra-se na ênfase que ambos dão às experiências de transmissão, ao que se pode passar adiante ou se perder enquanto envelhecemos.

"Tanto como a Clara, de 'Aquarius', os movimentos da professora de filosofia Nathalie Chazeaux dão consistência à personagem e permitem atestar um estado do mundo. Ambas são manifestações acentuadas de crises, movem-se em meio a ruínas, buscam abrigos para seguir adiante. Por isso, encarnam tanto o ideal de resistência".

No papel central, Isabelle Huppert proporciona normalidade e veracidade à personagem, num desempenho de intenso contraste com o da mesma atriz em "Elle".

Resumo da película

(L'Avenir, França, Alemanha, 2016)
Ficção. De Mia Hansen-Løve. Com Isabelle Huppert, André Marcon, Roman Kolinka, Edith Scob, Sarah Le Picard. 

Nathalie ensina filosofia em uma escola secundária em Paris. Ela é apaixonada por seu trabalho e gosta particularmente de passar a seus alunos o prazer de pensar. É casada, tem dois filhos e divide o seu tempo entre a família, os antigos alunos e a sua mãe possessiva. Um dia, o seu marido anuncia que está deixando-a por outra mulher. De repente, Nathalie se percebe em completa liberdade e tem de reinventar a sua vida.
Zeta | DCP |102 min | 14 anos

Preços dos ingressos: 

Normal
R$ 14 (inteira) e R$ 7 (meia)


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Para baixar o aplicativo: Android iOS

Sugestões e colaborações: casaforte@poraqui.news