Ainda em fase de testes, a primeira Área de Proteção ao Ciclista de Competição (APCC) lançada no último sábado, na Via Mangue, foi bastante comemorada pelos ciclistas amadores e profissionais. Estima-se que cerca de 500 bikers utilizaram o trecho oeste da via, que corresponde a 4,5 km, das 4h às 8h da manhã, com supervisão da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) em uma iniciativa inédita da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Recife.

A própria secretária executiva de esportes da Prefeitura do Recife, Yane Marques, acompanhou de perto os treinos dos atletas e fez questão de conversar e colher impressões, como a do educador físico e coach, Harry Thorpe. “Para os atletas é fundamental que tenhamos aqui, assim como outras capitais brasileiras como Rio de Janeiro e São Paulo – inclusive no interior – uma área voltada para o ciclismo de velocidade”, elogia.

Credito: Harry Thorpe

Segundo a CTTU, após os fins de semana dos dias 21 e 28 de abril, em que a via volta a ser interditada, será avaliada a experiência e, caso seja bem sucedida, poderá tornar a APCC permanente também nos dias úteis, nos horários de 4h às 6h.

O treinador e praticante do ciclismo, Thorpe crê que não só quem passeia ou transita pelo local será beneficiado, mas alguns esportes serão fomentados na cidade. “A Via Mangue é um corredor plano, que propicia ritmo e concentração a quem pedala. Estes treinos certamente vão ajudar não só os atletas de competição, mas os que querem interagir, por exemplo, com pessoas que estão pedalando pelo triathlon. É um grande incentivo ao esporte”, avalia.

Credito: Harry Thorpe

Ao contrário do que pode-se pensar, a impressão de observar os grupos que passaram pelo corredor, no último fim de semana, é que o espaço está construindo-se de forma democrática, sem excluir nenhuma modalidade. Pudemos observar pessoas de mountain bike e as chamadas “bikes de estrada”, como a speeed e a time trial (TT). Quem tem uma magrela, pode se habilitar a desfrutar da via também!

SERVIÇO: Via Mangue – Área de Proteção ao Ciclista de Competição (APCC)
Pista oeste, sentido cidade/subúrbio.
Datas: Sábados 21 e 28 de abril, das 4h às 8h.

Por Carlos Alexandria (Triatleta, professor e empresário) e Mariana Lobo (Corredora, jornalista e empresária).