A arte de rua é uma expressão das cidades grandes e não dá para fugir dessa realidade. Mais que isso, muitas empresas e organizações já sacaram isso e se aproveitam de expressões como o grafite. Pelo menos, é o que dá para perceber passeando pelas ruas da Encruzilhada e do Hipódromo.

A situação se repete em bairros até mais elitizados, como o Espinheiro, mas na Encruzilhada encontramos uma série de paineis que realmente merece ser apreciada. Veja abaixo as obras de Raoni Assis, Letícia Matos, Tiago Acioli e da dupla que faz a Amarelo Barro (Binho e Diego) e da ilustradora Liz França, que têm suas obras nos muros da Quitandaria, Via Trabalho e do Benedito – Coworking de Gastronomia.

Olinda: patrimônio do grafite e do pixo

Tiago Acioli

Um painel extremamente detalhista do grafiteiro Tiago Acioli nos chamou atenção na altura da Praça da Picanha. A obra tem um tom extremamente social e faz todo sentido de estar nos muros de uma entidade chamada Via do Trabalho – Construindo a Nova Sociabilidade.

Via do Trabalho
Rua Inácio Galvão dos Santos, 264, Sala 26, Encruzilhada
Fone: (81) 3877-3790

Raoni Assis e Letícia Matos

A Quitandaria da Estrada de Belém tem um dos maiores espaços dedicados ao grafite no bairro. Infelizmente, o painel com a história do empreendimento não é tão visível do lado de fora, mas vale entrar para olhar o trabalho do artista olindense Raoni Assis.

O Q na xícara “denuncia” que arte foi feita por encomenda (Foto: Eduardo Amorim/PorAqui)Quem passa de carro tem mais facilidade para ver a obra de Letícia Matos, que convida para um café na loja que fica ao lado do horti-fruti.

Quitandaria
Estrada de Belém, 313, Hipódromo
Fone: (81) 3034-3947

Eles picharam a parede toda da loja e a dona agradeceu

Liz França e Amarelo Barro

“Tinha pichação, eu ia pintava… Pichavam e eu ia pintar de novo… Aí eu tive essa ideia de fazer a lateral. Sempre foi respeitado o grafite inicial que que fez foi Liz França com a marca do coworking. Ela faz todas as minhas ilustrações do Comedoria Popular e do Benedito”, conta, Ana Claudia Frazão, do Benedito Coworking Gastronômico. As panelas e equipamentos e alguns grafites internos foram feitos por Binho e seu sócio Diego, da Amarelo Barro.

Benedito Coworking Gastronômico
Estrada de Belém, 396, 1º andar, Hipódromo
Fone: (081) 3071-9858/ 99637-1893

Museus em Casa Forte expõem muros cheios de arte e recados