Apaixonados por tango, o casal Michele Ferraz e Cláudio Sobral voltaram de sua última viagem à Argentina com uma ideia fixa: montar uma casa de tango no Recife.

O sonho de ter uma casa ainda não se concretizou, mas o primeiro passo já foi dado. É o projeto La Casa Del Tango, que acontece a cada último sábado do mês, no bufê Montserrat, na Encruzilhada.

A próxima edição, inclusive, será neste sábado (26), com apresentação de Beto Bandolim e Grupo Tango Brasil.

A história do casal com o tango não é nova. Cláudio é professor de dança de salão há mais de 25 anos, enquanto Michele se divide entre a dança e a profissão de enfermeira obstetra.

“A comunidade tangueira no Recife sentia a necessidade de um espaço social para dançar, além das quatro paredes das escolas. Sonhávamos em vivenciar uma noite em Buenos Aires, sem sair do Recife, onde pudéssemos bailar uns tanquitos e apresentar essa cultura portenha a todos”, explica Michele.

Noite de tango tem música ao vivo e reúne bailarinos profissionais e amadores (Foto: La Casa Del Tango/Divulgação)

Hoje, a La Casa Del Tango é a única festa dedicada ao ritmo no Recife. É uma festa para dançar no estilo das milongas argentinas. O evento é para todos os públicos e ninguém fica sem par. “Temos dançarinos profissionais para dançar com as pessoas, e a maioria do nosso público é de dançarinos amadores”, explica Cláudio.

Foi um golpe de sorte que viabilizou a ideia do casal. Eles estavam em um ateliê de costura, conversando sobre o projeto, quando a dona do bufê ouviu o papo e, na mesma hora, ofereceu a casa. “Tinha que ser outra pessoa doida igual a gente pela dança e pelo tango”, brinca a dançarina.

A parceria engatou e a festa faz sua segunda edição neste sábado (26), com a próxima prevista para o dia 30 de junho, com show da cantora argentina Evangelina Etchebest.

O projeto Movimentango reunia o público na praia de Boa Viagem (Foto: Cláudio Sobral/Facebook)

Tango na praia

Esse não é o primeiro projeto do casal ligado ao ritmo portenho. Com o objetivo de aproximar o tango do grande público, eles iniciaram, no ano passado, o Movimentango, que reunia muita gente na praia de Boa Viagem, na altura do Posto 13.

“Era um projeto de dança gratuito, que rolava todo domingo. Conseguimos chegar a reunir 24 escolas de dança do Recife, sendo que, a cada edição, uma delas era responsável pela organização”, diz Michele.

O projeto, que tinha os idosos como público principal, foi embargado pela prefeitura. Hoje, a dupla luta por um espaço para poder retomar o Movimentango. “Não queremos patrocínio nem dinheiro, a única coisa que precisamos é de um espaço público adequado, com um mínimo de estrutura, para realizar nosso evento. Nosso único objetivo é a socialização da dança”, coloca Michele.

?La Casa Del Tango
?Buffet Montserrat – Rau José de Sá Carneiro, 71, Encruzilhada, Recife – PE
?R$ 100 (com buffet livre de jantar e bebidas não-alcoólicas)
?(081) 99747-4463 (Cláudio) | (081) 99744-4394 (Michele)