Depois de quase dois anos de estudos embasados em pesquisas de mercado e de imagem, o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) estruturou ações e campanhas voltadas para alcançar a Geração Y (ou Millennials), que são pessoas nascidas nas décadas de 1980 e 1990. O objetivo é criar uma aproximação com o perfil desse público, desmitificando o processo de escolha e consumo do vinho, além de levar uma mensagem mais leve e descontraída da bebida.

O grande desafio é atrair novos consumidores, em um país em que a cultura do vinho não é predominante, afirmou Oscar Ló, presidente do Ibravin. “Por isso investir em ações específicas para adultos de perfil mais jovem pode ajudar a consolidar o hábito no Brasil e, de forma responsável, ampliar o consumo per capita, que hoje é dois litros por ano”, explica ele.

LEIA TAMBÉM:

Pesquisa revela que nordestinos e jovens vêm consumindo mais vinho no Brasil

“O consumo se manteve estável, numa base pequena de habitantes. Isso mostra que temos milhares de pessoas que não bebem vinho com frequência. Por isso, precisamos atrair novos consumidores para a categoria. Os Millennials são os atuais e futuros apreciadores de vinhos e podem ser os responsáveis por elevar o consumo da bebida no país. Eles são considerados o futuro da economia”, analisa Oscar.

O gerente de Promoção do Ibravin, Diego Bertolini, elenca que entre as estratégias para atrair este público-alvo estarão eventos de promoção voltados para consumidores finais, ações com influenciadores e formadores de opinião e uma campanha publicitária, intitulada “Seu Vinho, Suas Regras”, que motiva uma ruptura dos conceitos de degustação formal do vinho.

Segundo Bertolini, a Geração Millennial é responsável por 52% do poder de compra: “É um público socialmente ativo, que tem um perfil descontraído, de personalidade forte, seguro de suas escolhas, que faz questão de dar a sua opinião e exige liberdade no estilo de vida”, complementa.

Confira o vídeo da campanha:


A jornalista e sommelière Fabiana Gonçalves, do blog Escrivinhos, escreve PorAqui sobre o mundo do vinho, com dicas sobre eventos, degustações e muito mais.

 

 

O conteúdo não reflete, necessariamente, a opinião do PorAqui. Somos uma rede que visa mostrar a pluralidade de bairros, histórias e pessoas.