Tudo começou em uma mesa de bar.  Depois de ler uma matéria sobre os animais também serem capazes de ter empatia, Roberta Cardoso prometeu que não iria mais comer carne. E olhe que, até então, ela era uma carnívora orgulhosa: tinha até pensado em tatuar um bacon! Ainda bem que não o fez. Seis anos depois, mantém uma dieta majoritariamente vegana, e faz os hambúrgueres do Balcão Vegan, que levam grão de bico ou lentilha.

Formada em gastronomia, Roberta sempre teve jeito na cozinha. Ela era quem fazia as ceias de Natal da família, os almoços de domingo. Aprendeu a cozinhar com o pai. Quando parou de comer carne, passou também a pensar em outras formas de cozinhar.

O Balcão Vegan também participa de eventos, com hambúrguer já pronto. Foto: Olívia Souza/Divulgação

“O Balcão surgiu de um desejo de apresentar uma comida vegana que fosse acessível, saborosa, prática. Eu costumava vender alguns lanches na rua, vendia direto pras pessoas, mas quando fui estudar gastronomia, o tempo apertou e não deu para continuar. Daí veio a ideia de trabalhar com encomenda”, conta Roberta, que faz os hambúrgueres em casa, no bairro de Casa Amarela.
O serviço de encomendas também é uma forma de ela própria se manter focada na alimentação. “O Balcão Vegan me ajuda a focar no veganismo e não no ovolactovegetarianismo. Porque acaba sendo muito fácil cozinhar com queijo. Você chega nos lugares e a opção que tem geralmente é ovolacto. Eu não queria fazer isso”, lembra.

Os hambúrgueres são o carro-chefe do Balcão, mas em datas comemorativas há refeições especiais. “Eu ainda faço venda em eventos, porque é outra coisa vender a comida pronta pra alguém, a troca é muito massa. Como meu tempo é muito apertado, isso foi definidor pra montar o cardápio. É engraçado porque às vezes eu tô numa correria danada, aí lembro que tem hambúrguer no freezer. Aí pego um, como e fico com aquela sensação de: é isso! Facilitar a vida das pessoas, de alguma forma”.

Em breve, o Balcão Vegan vai lançar sabores novos de hambúrguer, além de “linguiças” veganas e pastas.

Como pedir o hambúrguer vegano

Hambúrgueres são entregues congelados, em pacotes de seis ou 12 unidades. Foto: Mayara Santana/Divulgação

Os pedidos são entregues congelados. O Balão Vegan recebe pedidos até toda quarta-feira pelo WhatsApp (081) 99567-4322 ou pelo inbox do Facebook.  As entregas são feitas nas sextas-feiras. Atende na Zona Norte e no centro do Recife, e também é possível fazer a retirada em Casa Amarela.

Os dois tipos de hambúrguer têm 70 gramas. O de lentilha custa R$ 10, com seis unidades, e R$ 19, com 12 unidades. O de grão de bico sai por R$ 11, com seis, e por R$ 21, com 12.