Igor, Eugênio, Jacopo e Gianni são quatro amigos de infância da cidade de Porto Recanati, na Itália, que no ano de 2004 decidiram brincar o Carnaval de Olinda. Acontece que ambos não se contentaram apenas com os dias de momo e hoje estão à frente do Tiramisù – Self- Service and Coffe, localizado na Ilha do Leite (Recife).

“O melhor lugar do Brasil é Pernambuco”, falou Jacopo aos amigos. Na época, todos queriam ir para o Rio de Janeiro, destino mais convencional para quem deseja carnavalizar por aqui. Acontece que Jacopo, o mais aventureiro dos amigos, já sabia que Olinda tinha o melhor carnaval. ?

Don Francesco convida para degustação de polenta em Olinda

“Ele é inteligente, cultural, gosta de estar no meio do povo, provar da culinária local”, explica Gianni se referindo ao amigo e sócio enquanto almoça algo do qual não me recordo. Pergunto se aquele seria o seu prato preferido na casa. “Não, esse foi o que sobrou”, responde no improviso e com humor refinado.

O sócios do restaurante vieram passar o Carnaval em Olinda e ficaram. (Da esq. à dir.: Igor, Jacopo, Gianni, Eugênio) Foto: Divulgação

O Carnaval de Olinda foi suficiente para Gianni e Eugênio engatarem romances que, no vai e vem ítalo-brasileiro, culminaram em casório, o que ajudou a decisão de tocar a vida aqui no Brasil. “Minha esposa é do Janga, nos casamos três anos depois que cheguei e hoje moramos em Olinda”, explica Gianni.

“A ideia era abrir uma sorveteria artesanal, mas as burocracias e o alto investimento inicial nos fizeram desistir”, explica Eugênio, um dos sócios e também morador de Olinda. Daí, ele convidou a sua ex-sogra, Dona Conceição, para se aventurar comercialmente na cozinha. Assim foi criado em 2014 o pequeno Tiramisù. “Não queremos crescer”, explica Gianni.

Climatizado, o ambiente do restaurante comporta em média 30 pessoas. Foto: Rodrigo Édipo/PorAqui
O valor das massas aposta em um público que pode pagar um pouco mais. Foto: Rodrigo Édipo/PorAqui

“Apostamos em um formato de self service (4,19/100g) mais padrão e as massas italianas, pois na Ilha do Leite não existem opções de comidas mais diferenciadas”, explica Eugênio. Ele e Jacopo também são sócios do Jakugè, restaurante localizado em Porto Recanati, na Itália.

Na minha visita escolhi um nhoque de ragu que tava imoral e, além de gostoso, o danado ainda é bem servido. A minha companhia escolheu uma opção vegetariana e também aprovou: nhoque (Gnocchi) com molho moda vegetariano de jerimum (em pedaços) e queijo gorgonzola. A massa do nhoque é caseira. 

Nhoque de jerimum é opção vegetariana da casa. Foto: Rodrigo Édipo/PorAqui
Sobremesa tradicional italiana, o tiramisù faz sucesso. Foto: Rodrigo Édipo/PorAqui

O cardápio conta ainda com outras opções de massa, como spaghetti normal e integral, penne normal e integral, linguine, fettuccine e rigatoni. Elas podem vir acompanhadas de molho pesto, carbonara, bacalhau, vegetariano de rúcula com gorgonzola, entre outros.

Os preços variam entre R$ 19,90 a R$ 33,90. Todas as quintas e sextas o restaurante oferece uma promoção de combo (suco + refeição + sobremesa).

O tiramisù que pode ser pedido com um cafezinho fica no valor de R$ 6 (meia porção) e R$ 10 (inteira), nos sabores: clássico, abacaxi, morango e paçoca.

Tiramisù – Self- Service and Coffe
Edifício Empresarial Praia de Guarapari (Rua Sen José Henrique, 103, Ilha do Leite, Recife)
⏰ 11h às 14h15
? Seg. a Sex | De segunda a quarta funciona o self-service + promoção com molho escolhido pelo chef nos prato a la carte)
? (o81) 99689-3589