No final de março, Recife ganhou mais uma cerveja para chamar de sua: a FriedaHaus. O que começou como uma “brincadeira” de amigos chegou ao mercado e já pode ser encontrada em algumas casas na cidade, com sabores exclusivos.

Até então, a marca produzida pelos amigos Danilo Reffert, Felipe Boaviagem e Victor Ferraz frequentava apenas eventos cervejeiros caseiros. “As cervejas que a gente fazia começaram a ter uma boa receptividade e aí pensamos em ter a nossa própria cervejaria”, conta Felipe.

Da esquerda para a direita: Fellipe Boa Viagem, Victor Ferraz e Danilo Reffert produzem a FriedaHaus (Foto: Reprodução/Instagram)

De cerveja caseira, a FriedaHaus passou, então, para uma escala de produção industrial. “Atualmente, a gente produz uns 6 mil litros mensais”, diz Felipe. Eles optaram por um modelo de produção cigana, ou seja: a fabricação é feita dentro das instalações de outra cervejaria. A parceria foi com e Ekäut, cuja produção acontece no bairro da Guabiraba, Zona Norte do Recife.

Parceria: FriedaHaus produz nas instalações da Ekäut (Foto: Reprodução/Instagram)

Entre as receitas exclusivas da FriedaHaus, estão a GengiWit – cerveja de trigo belga com especiarias, que leva casca de laranja e de limão siciliano, semente de coentro e um toque de gengibre – e a Polarity, uma American IPA de sabor e aroma intensos, com notas cítricas e frutadas, provenientes do lúpulo El Dorado.

Entrando em cena

Apesar de começar a ser comercializada há menos de um mês, a história da Frieda vem desde 2013, quando os amigos Danilo Reffert, Felipe Boaviagem e Victor Ferraz participaram de um curso de produção de cerveja caseira.

Cerveja artesanal combina com o quê? Veja dicas de harmonização!

A paixão pela cerveja só fez aumentar e os levou a se inscreverem no primeiro concurso da Acerva-PE (Associação dos Cervejeiros Artesanais de Pernambuco). De cara, ficaram em segundo lugar: um estímulo para começarem a produzir mais ativamente.

“A gente é cervejeiro. E quem é cervejeiro , além de fazer a cerveja, gosta que as pessoas provem da sua cerveja. Então, a gente quis compartilhar pra mais gente”, diz Felipe Boaviagem.

(Foto: Reprodução/Instagram)

Casa de Frieda

Os três amigos não teriam conseguido seguir em frente se não fosse por uma pessoa: Frieda (se pronuncia “Frida”), mãe de Danilo, que abriu as portas da sua casa, nas madrugadas e finais de semana, para que eles produzissem as primeiras cervejas.

“Ela permitiu que a gente fizesse a bagunça na casa dela. Começamos a fazer as cervejas de forma caseira. E o que era apenas uma brincadeira, começou a ficar sério”, lembra Felipe.

Dona Frieda abriu a sua casa para as primeiras produções (Foto: Reprodução/Instagram)

Daí o nome FriedaHaus, que significa “Casa de Frieda”. Dona Frieda traz em seu sangue a herança germânica do seu bisavô, que saiu da Alemanha para os EUA e refez a vida trabalhando em uma cervejaria nova-iorquina.

Viva dona Frieda!!!

Onde encontrar

Atualmente, a FriedaHaus é comercializada nos seguintes locais:

Apolo Beer Café
Rua do Apolo , 164 – Bairro do Recife

Marcolino Tap House
Rua Capitão Zuzinha, 136 – Boa Viagem

Armazém Centenário
Rua Barão de Itamaracá, 100 – Espinheiro

The Queen Pub
Av Eng Domingos Ferreira, 2361 – Boa Viagem