Desde que inaugurou, em 2007, o Nez Bistrô rapidamente se tornou referência em comida clássica franco-italiana. Seu ambiente aconchegante – meia luz, música ambiente tranquila e serviço atencioso –  transformam uma simples refeição em uma ocasião muito especial.

Quando estudamos gastronomia, é comum encontrarmos “regras” que nos dizem que o cardápio de um restaurante deve ser mudado de tempos em tempos. O Nez aposta muito pouco nessas mudanças, pois seus pratos são verdadeiras tradições para seu fiel público.

Em Campo Grande, restaurante Quintal é mesmo uma Cozinha Pra Torar

Para mim, o Nez é um dos melhores restaurantes da cidade, mas o ponto alto do cardápio fica por conta das entradas – muitas vezes ficamos só nelas e não pedimos mais nada! ?

Na última visita, fomos de petit gateau de prima donna (R$ 39), acompanhado de geleia de pimentão vermelho, rúcula e torradas. O sabor intenso e salgado do queijo faz um excelente contraste com a doçura ligeiramente apimentada da geleia, transformando nossa boca numa explosão de sabores.

Já que tínhamos pedido uma entrada macia, pedimos, também, uma crocante: Les Frites ( R$ 32). São batatinhas fritas crocantes, sequinhas e deliciosas, perfumadas com suave alecrim e um molhinho de mostrada. Certamente é uma das melhores batatas fritas do Recife! A dica é melar uma batatinha no creme de queijo prima donna do petit gateau… bagaceira total!

Nos principais, fomos de um macio, mas não molenga, nhoque ao ragu de ossobuco (R$ 59), que é uma pedida muito boa, mas não supera o excelente robalo grelhado com risoto de limão siciliano (R$ 74).

O filé de peixe vem alto e com crosta crocante de ervas, mas muito bem passado e suculento por dentro. E o risoto é um primor de técnica a serviço do paladar, com o arroz chegando no ponto certo e o equilíbrio exato do sal com a acidez do limão.

Para fechar a noite, pedimos duas sobremesas: uma torta crocante de maçã com sorvete de creme (R$ 29), que não vale o custo benefício, e um crème brûlée.

O crème brûlée (ou leite creme, em Portugal) do Nez (R$ 29) tem o incremento de uma camada de geleia de framboesa ao delicioso creme de baunilha com açúcar maçaricado da receita.

Uma das principais características positivas do Nez é sua constância. Frequento o restaurante desde a sua inauguração (menos do que gostaria, por causa do preço um tantinho salgado) e os pratos sempre saem com a mesma qualidade, tamanho e temperatura. ?

Nesse dia, o preço por pessoa foi de R$ 153,40.

?? Corra da… torta de maçã. Apesar de estar gostosa, não tem aquele “gostinho de quero mais” que a maioria das outras preparações do local tem. Talvez o sabor muito pronunciado da canela  deixe essa impressão.

?? Corra para… Les frites. Muito raro encontrarmos em Recife um restaurante, principalmente na “alta gastronomia”, que eleve essa simples preparação a um grau de perfeição tão alto.         

Nez Bristrô
Praça de Casa Forte, 314 – Casa Forte, Recife – PE
Horários: Segunda a quinta, das 18h30 às 23h30 | Sexta e sábado, das 12h às 15h e das 19h às 00h30 | Domingos, das 12h às 16h.
Telefone: 081 3441-7873

Por Jorge Arranja do De Colher Vem Mais

Quando três amigos apaixonados por comer (e cozinhar) se reúnem, a conversa não pode ser muito diferente de restaurantes, jantares, pratos e receitas. Não falamos de temperos ou destrinchamos a alta gastronomia, mas fazemos uma verificação empírica de como nossos restaurantes, bares e lanchonetes andam caprichando, para que você saiba os melhores pratos e as melhores casas. E lembre: de colher vem mais!

 

Os conteúdos publicados no PorAqui são de autoria de colaboradores eventuais e fixos e não refletem as ideias ou opiniões do PorAqui. Somos uma rede que visa mostrar a pluralidade de bairros, histórias e pessoas.