Os publicitários pernambucanos Sara Rangel e Mateus Alves passavam por uma estrada no trajeto Recife-Garanhuns quando se depararam com Celestino. Já alimentavam a ideia de um café itinerante e o ônibus verde musgo parecia ser o “sócio” perfeito para  o que viria a ser o Clandestino Café.

O ônibus  já carregou muito soldado do Exército. Fabricado em 1982, da marca Mercedes-Benz, deu trabalho para ficar pronto e virar o endereço do café mais inusitado que você já viu, pelo menos no Recife.

Em setembro deste ano, o café estreou em novo endereço e agora tá bem pertinho do Rio Capibaribe. Até junho ficava estacionado no Museu do Estado de Pernambuco, nas Graças, Zona Norte do Recife. Depois da passagem anual por Garanhuns, para o Festival de Inverno, voltou para o bairro. Das vantagens de ser um café itinerante, não é mesmo? Não se sabe até quando, pois a essência de Celestino é viajar.

Quando saiu da oficina, depois de um ano sendo reformado, o simpático ônibus já esteve 3 vezes em Garanhuns, no Festival de Inverno, e no Macuca Jazz 2017, em Correntes, cidade do Agreste pernambucano. Também já esteve estacionado na frente da Torre Malakoff, no Recife Antigo, mas teve que sair de lá em busca de um local com menos tráfego. Foi quando chegou ao museu.

Foto: Clandestisno Café/Facebook

A ideia da dupla Sara e Mateus sempre foi fazer um negócio que desse para sair viajando. “O Celestino é móvel, para a gente não precisar ficar num lugar. Se não estiver dando certo ou a gente enjoar desse lugar, a gente vai conhecer outra cidade”, diz Sara.

Cardápio

O cardápio lá é enxuto, mas com boas opções de bebidas à base de café. O espresso  custa R$ 5.

O café filtrado no aeropress sai por R$ 7, assim como no Koar (método pernambucano), no Hario V60 ou no Kalita. O Celestino recebe homenagem na bebida que leva seu nome. É feita com cold brew ou expresso, limão siciliano, mel de gengibre, gelo e água com gás. Custa R$ 12.

Para comer, o sanduíche de croissant vem recheado de queijo brie e presunto de parma (R$ 16). Há também minibolos, brownie, palha italiana e pastel de belém, todos pelo mesmo preço: R$ 8.

Dá pra levar pra casa uma caneca do Clandestino Café. Por R$ 22, ela vem com café filtrado dentro.

Clandestino Café
Jardim do Baobá, Graças, Recife/PE
Horário de funcionamento: quarta, quinta e sábado, das 15h às 21h; sexta e domingo até 20h; fecha segunda, terça e feriados
Instagram:@clandestinocafe
Facebook: Clandestino Café

*Esta história foi atualizada em 18 de outubro de 2018.