Atualizado em 02/08/2018.

Provavelmente você já pensou que agora todo mundo ao seu redor resolveu que só bebe cerveja artesanal e que fazer a sua própria cerveja é a nova moda do momento. 

Assim como aconteceu na gastronomia, onde as pessoas foram entendendo que é preciso comprar do pequeno comércio e saber a origem do que está à mesa, com a cerveja não é diferente. Qualidade dos grãos, do lúpulo e uma maior visibilidade de onde é produzida a bebida que você compra no bar ou no supermercado são fatores que impulsionaram as cervejarias artesanais a terem um crescimento considerável nos últimos anos.

Com vários cursos, Instituto Ceres é quase uma faculdade da cerveja

Além de movimentar os bares e lojas, a produção de cerveja artesanal também é discutida em eventos (Foto: divulgação)

Segundo a Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva), o número de cervejarias artesanais no Brasil cresceu 37,7% em 2017, o que representa 679 cervejarias atuantes que trouxeram, em média, 13 novos rótulos para o mercado nacional. É importante observar que esses números só representam as fábricas que não fazem parte de multinacionais.

Em Pernambuco, o cenário atual ainda está longe da realidade nacional, mas, ainda assim, em amplo crescimento. Segundo Felipe Magalhães, Presidente da Associação Pernambucana de Cerveja Artesanal (Apecerva), existem 25 cervejarias associadas, representando um volume total de 200 mil litros por mês.

Hoptoberfest organizado pelo Acerva-PE (Foto: divulgação)

A própria fundação da associação representa um marco desse crescimento. Em conjunto, o Governo de Pernambuco e o Sebrae orientaram as cervejarias a formalizarem a associação para terem maior poder de negociação e acesso a parcerias em eventos promovidos no Estado.

E para quem quer entender o motivo da paixão crescente pelas artesanais, não foram apenas as cervejarias que se replicaram, os bares especializados também estão surgindo por todos os lados e entendendo as demandas e a curiosidade desse novo público que busca o equilíbrio entre qualidade e preço.

O Laborada, no Espinheiro, é um brewpub que produz o próprio chopp (Foto: divulgação)

Agora, se além de beber, você quer entender o que é uma cerveja artesanal, qual o seu processo de produção ou se aventurar em produzir a sua própria cerveja em casa, as escolas e eventos também já entenderam a necessidade do público que busca conhecimento. Durante todo o ano já existe uma agenda de eventos e cursos que você pode acompanhar, é só ficar ligado no PorAqui.

IStreetFood, por Guilherme Carvalho

Guilherme Carvalho é designer e se autodefine como cidadão do mundo. Viagens, cerveja artesanal, comida de rua, burgers e food trucks são alguns de seus assuntos favoritos. E é isso que você vai ver PorAqui, com o IStreetFood.

 

Os conteúdos publicados no PorAqui são de autoria de colaboradores eventuais e fixos e não refletem as ideias ou opiniões do PorAqui. Somos uma rede que visa mostrar a pluralidade de bairros, histórias e pessoas.