O tempo é de vacas magras e pouca gente pode se dar ao luxo de sentar em uma mesa de restaurante sem prever quanto sairá da carteira no fim da noite, não é mesmo?

Atento à realidade, Rodrigo Mendonça, do Riso, nos Aflitos, resolveu apostar nos menus fechados para almoço e jantar. “Vimos que era importante para o nosso cliente que ele soubesse exatamente quanto vai gastar”, conta.

La Tratoria: boa comida italiana agora na Zona Norte do Recife

Penne a Mar Moti está no cardápio do jantar (Foto: Mariana Fontes/PorAqui)

O cardápio, em três etapas, foi montado a partir das demandas dos próprios clientes. “Notamos que o mercado está se modelando em torno de orçamentos mais regrados e por isso resolvemos oferecer um menu de qualidade, mais sofisticado, com preço fechado, que permita ao cliente voltar mais vezes ao restaurante”, explica.

O menu do almoço custa R$ 39 e vem em três etapas. A entrada e a sobremesa são definidas a cada dia e há cinco opções de prato principal: nhoque à bolonhesa, filé à parmegiana, costela com polenta, salada ceasar e bandiola com purê de batata doce.

O tiradito de peixe em cama de emulsão de abacate com salada de laranja é uma das entradinhas do jantar (Foto: Mariana Fontes/PorAqui)

O menu de jantar custa R$ 69 e traz opções mais sofisticadas. De entrada, é possível escolher entre a focaccia sob pasta de berinjela, cordeiro cozido à baixa temperatura desfiado ou tiradito de peixe em cama de emulsão de abacate com salada de laranja e erva doce.

De prato principal as opções são o penne a mar monti, com camarões, abobrinha e cogumelos, e o filé Castillo, um corte alto, que acompanha batata e farofinha. De sobremesa, o brownie com sorvete artesanal de queijo é simplesmente incrível.

A casa aposta em um ambiente despojado (Foto: Riso/Facebook)

Todos os pratos são fartamente servidos. “Nós temos o defeito de não conseguir colocar pouca comida nos pratos”, brinca Rodrigo. Para acompanhar, o vinho da casa custa R$ 45 (tinto ou branco).

Inaugurado em 2015, o Riso é um italiano com uma pegada contemporânea e influências da cozinha espanhola e latino-americana. Em três anos, a casa virou referência na Zona Norte, com seu ambiente despojado e pratos sofisticados.

Rodrigo Mendonça comanda a casa

Consultor financeiro, Rodrigo foi responsável pelo projeto financeiro do restaurante que funcionava onde hoje fica o Riso. Quando a casa fechou, ele assumiu o ponto e montou, junto com dois sócios, o italiano, cuja cozinha hoje está sob a batuta do chef argentino Miguel Castillo (ex-Niko, Edo e Barchef).

Com a chegada do novo chef, desde o ano passado, a casa vem investindo numa proposta mais artesanal com produção própria de embutidos, defumados, massa fresca e pães. A diferença você percebe no sabor dos pratos.

? Riso Restaurante
? Av. Santos Dumont, 544, Aflitos
⏰ Terça a quinta: 12h às 15h e 19h às 23h | Sexta e sábado: 12h às 16h e 19h às 23h | Domingo: 12h às 17h
? (081) 3314-6790