Nove jovens que estavam no Jardim do Baobá gravando um videoclipe sofreram tentativa de assalto. “Estávamos fazendo uma filmagem quando esse rapaz chegou e olhou para ver quem estava lá. Aí, depois de um tempo, quando já estávamos indo embora, ele reapareceu com um facão dizendo para ninguém correr. Graças a Deus, ele estava longe e deu tempo de nos livrarmos, correndo para o carro”, conta Gabriel Martins Trindade, de 19 anos, morador das Graças. 

O grupo de Gabriel não estava sozinho. Segundo ele, havia outras pessoas no deck, próximo ao rio. O caso aconteceu por volta das 22h do dia 23 de janeiro, segunda-feira.  

Não há esquema de segurança no Jardim do Baobá e, à noite, a iluminação deixa a desejar. A reforma que estava programada para o início do mês de janeiro – e ainda não foi iniciada – prevê a instalação de mais postes. Segundo Romero Pereira, secretário executivo da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Recife, é exatamente a chegada desses postes de iluminação que está atrasando o início das obras.

Para Gabriel, o que facilitou a abordagem do possível assaltante foi o horário e o fato de o local ser meio escondido, já que fica atrás de muros. Além disso, é possível que o homem tenha feito o mangue de esconderijo para ficar de tocaia e observar as vítimas. 

“Primeiro o ladrão passou só olhando, como se não quisesse nada. Aí foi pro mangue e voltou com um facão. Uma viatura da polícia por perto, não tinha”, diz.           

Procurada pelo PorAqui, a assessoria da PM restringiu-se a informar que o policiamento no entorno do Jardim Baobá, nas Graças, é realizado pelo 13º BPM, com rondas motorizadas na região. As rondas são intensificadas nos finais de semana.


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Baixe agora o app gratuito e cadastre-se: Android e iOS

Sugestões e colaborações: gracas@poraqui.news