O artista plástico pernambucano José Patrício, que estava há 11 anos sem realizar uma mostra individual,  vai ocupar os salões do Museu do Estado de Pernambuco (Mepe), a partir da próxima quinta , 27 de julho, em vernissagem aberta ao público a partir das 19h.

A exposição Precisão e Acaso tem curadoria do carioca Felipe Scovino e reúne cerca de 40 obras produzidas pelo artista nos últimos sete anos.

 


2011 – Sequências cromáticas – deslocamentos, lápis de cor sobre madeira, 207 x 207 cm (+ detalhes)

 

Depois de se tornar um ícone por seu trabalho com dominós, Patrício usa agora materiais como botões, peças de quebra-cabeça, dados, pregos, tachas, alfinetes, fios de eletricidade e de telefonia. “O lúdico permeia toda a minha produção. Seja na escolha de materiais diretamente relacionados com os jogos, seja nas estratégias que utilizo para a criação artística”, explica o artista.

Serviço:

Precisão e Acaso – José Patrício
Vernissagem: 27 de julho de 2017, às 19h
Visitação: 28 de julho a 24 de setembro de 2017

Museu do Estado de Pernambuco – Mepe
Av. Rui Barbosa, 960 – Graças, Recife
De terça a sexta, das 9h às 17h |Sábados e domingos, das 14h às 17h
Telefone: (81) 3184-3174
Entrada: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia)