Era uma manhã do domingo 23 de maio quando a empreendedora Nara Vila Nova, do Coletivo Corta Jaca e agora da Golpe Store, se deparou com um meme nas redes sociais. Era uma frase que dizia: “É gooooooollllllpppppeeeeeee no Brasil!!!!!”.

“Achei minha camisa para a Copa”, relembra o que pensou nessa fatídica manhã. “Eu não estava com espírito pra Copa, nem meus amigos estavam”, fala Nara, que, como empreendedora, logo botou em prática a ideia. Por logo, entenda-se logo mesmo!

Arranjou alguém para fazer a arte – o designer Zezão Nóbrega (@zezzus) -, alguém que fornecesse as t-shirts e, uma hora depois de ter visto o meme, já estava com tudo articulado para encomendar a primeira leva de camisetas, com uma tiragem de cem, no que seria apenas uma compra coletiva, divulgada nas redes sociais da própria Nara.

Foto: Golpe Store/Divulgação

Quase um viral

Só que, na Internet, como se sabe, só tem uma coisa que se espalha mais rápido que fake news – mentira, não tem nada que se espalhe mais rápido que fake news, não – mas o negócio se espalhou, alguém deu um print no modelo da camiseta, jogou em um grupo de WhatsApp e, quando viu, Nara já estava pedindo ao fornecedor 400 camisetas – e não as 100 originais. Dessas, 300 já tinham dono.

Arranjou uma sócia para a empreitada, Isabela Faria, que, como Nara, também é moradora das Graças, e arranjaram um espaço no Mercado da Encruzilhada, na verdade, dois: a Reciclo Bikes e o Bar Beberibe.

Durante dois sábados, venderam as camisetas por lá. As encomendas aumentando, a necessidade de ter um espaço próprio, também. Pronto. Precisaram alugar uma salinha na Rua João Ramos, nas Graças, na Zona Norte do Recife, que virou Golpe Store no último sábado, 16 de junho.

O entra-e-sai constante não deixa dúvidas de que encontraram um filão quase nada explorado, o da moda política. Já venderam pra Caxias, no Rio de Janeiro, Salvador, Florianópolis. Os pedidos do Brasil inteiro não param de chegar.

Venderam 1.500 camisetas até esta quinta (21). Isso em menos de um mês. Os preços são promocionais para compras  a partir de 3 unidades: uma sai por R$ 40, três por R$ 100 e 10 por R$ 300.

Nesta próxima semana, a partir da terça (26), chegam camisetas com temas como “Lula Livre” e “Eu sou uma ideia”, em alusão à prisão do ex-presidente Lula.

“A gente tem a mensagem política com a pegada da ironia, da provocação  e do bom humor. Não é a Copa que vai tirar o nosso foco”, diz Nara, que acredita que as camisetas sejam uma inspiração pra as pessoas terem a coragem de colocar pra fora esse sentimento crítico e reflexivo.

Como se sabe, uma parcela da população brasileira critica a queda da presidente Dilma Roussef e a tomada de poder  pelo atual presidente Michel Temer. Entre gol e golpe vai um logo caminho, mas a criatividade do brasileiro está com o troféu garantido até a Copa de 3.020 (ou será que 3.020 é ano de Olímpiadas?) ?

Nesta sexta (22), funciona das 12h às 19h.

Golpe Store

Instagram: @golpe_store
Facebook: Golpe Store
Rua João Ramos, 252 B, Graças
Telefone: (081) 99990-8065
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 10h  às 19h; sábados, das 10h às 16h
Aceita cartões