Um caso de amor, que durou exatos 12 anos, chegou ao fim numa sexta-feira, 24 de fevereiro, véspera de Carnaval. Na Quarta-feira de Cinzas, a Tortaria, reduto vegetariano das Graças não abriria mais suas portas e deixaria muitos moradores do bairro órfãos. 

Além de um generoso bufê de saladas e sopas, a casa servia bolos, doces e salgados. Sempre lotada, era comandada por Rosângela Ludmer desde 2004.  

A não renovação do contrato de aluguel do casarão foi o motivo do encerramento das atividades. A empreendedora não pretende reabrir o restaurante em outro local. 

"Fiquei muito emocionada com o apoio dos moradores das Graças. Na sexta-feira em que fechei a Tortaria, eles me abraçavam e até choravam", conta. Ela própria se diz inconsolável. "Não eram só os moradores das Graças… Tinha gente que vinha de Piedade buscar encomendas", fala.

Rosângela mantinha um segundo endereço no Espinheiro, na Galeria Hora Center, na Rua da Hora, que também fechou no último sábado (11). A segunda loja dependia da produção da casa da Rua das Pernambucanas, já que não tinha cozinha própria.

A Tortaria era o endereço certo para quem gostava de uma alimentação mais saudável. O local era disputado por uma clientela fiel e, por conta da variedade de serviços – almoço, lanches, bolos, café e ceia -, estava sempre lotada. 

No grupo da associação de moradores do bairro no Facebook, muitos manifestaram a tristeza com o encerramento do negócio. 


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Baixe agora o app gratuito e cadastre-se: Android e iOS

Sugestões e colaborações: gracas@poraqui.news