Sabendo de todos os riscos de generalizar, sempre achei que nós brasileiro somos muito bons em comidinhas salgadas, tipo coxinha, empadinhas, croquetes, bolinhos e pastéis, mas somos bem deficientes em duas áreas básicas da gastronomia: confeitaria e, principalmente, panificação.

Nos últimos anos, vimos surgir muitos novos estabelecimentos ou aperfeiçoamento de lojas já abertas em relação a essas duas especialidades. O De Colher Vem Mais foi visitar uma dessas casas que estão tentando modificar tal situação de defasagem que existe no Recife.

Meio do Mundo é o nome do estabelecimento, que fez uma parceria com a famosa padaria Galo Padeiro. A Meio do Mundo já contava com uma unidade na Avenida Beira Rio da Madalena, enquanto o Galo Padeiro tem uma loja no bairro de Santo Amaro.

Nossa visita foi na nova unidade da Jaqueira, onde antes existia a cafeteria Bistrô 858. A estrutura física continua muito parecida com a do bistrô, com uma área interna climatizada e uma varandinha coberta bem legal, com vista para a esquina da Rua do Futuro com a Rua José Clementino.

No cardápio, e principalmente nos sabores, é que temos a grande diferença em relação ao estabelecimento anterior! Começando pelo lado dos salgados, fomos de sanduíche misto quente no croissant e ovo com bacon no pão com aioli.

Mesmo com uma demora exagerada para chegada dos pratos, eles vieram com sabor e aparência muito boas. O ovo frito veio com a gema mole (conforme pedido) por cima de um excelente pão camponês, que se assemelha ao pão italiano, mais denso e consistente. Ao lado vieram uns “riscos” de aioli, desnecessários e sem acrescentar nada ao prato. Já o misto veio em um croissant estaladiço e folheado, como manda o figurino!

Gosto demais de sanduíche misto e é muito raro ter um que fuja do padrão: pão de caixa (seco), uma fatia de queijo e uma de presunto. Esse vem recheado, com umas três ou quatro fatias de presunto e outras duas ou três de queijo. Um único senão é que o queijo que estava no centro do pão não derreteu completamente, mas esse é um lapso facilmente corrigível.

Na parte dos doces, fomos de madeleine, doce típico francês que é um bolinho de consistência esponjosa e macia, geralmente com um sabor neutro ligeiramente puxado para o limão – normalmente se usa raspas de limão na receita.

Confesso que esse tinha uma aparência mais próxima de um cupcake do que das madeleines que já tinha provado. Usualmente elas são pequenas e dá pra colocar de uma só vez na boca, ou no máximo uma mordida.

Experimentamos dois sabores: a tradicional (sem recheio) e a recheada de morango. Esta última não foi uma grande pedida, pois o doce/geleia de morango encharcou a massa por dentro, deixando ela bem empapada, mas a tradicional estava muito boa.

Provamos também a ótima torta Santiago que é um bolo leve, não muito doce, que quase derrete na boca devido à farinha de amêndoas que é usada na massa. Esse doce é típico da região espanhola da Galícia e acompanha bem um bom café.

Outra pedida foi o croissant de amêndoas…um espetáculo! Equilíbrio perfeito entre o recheio de creme de amêndoas e o estaladiço croissant, que transforma esse doce numa sobremesa digna de qualquer restaurante ou café do mundo!

Pra finalizar a comilança, ainda teve um macio brioche recheado de um saboroso e equilibrado creme de confeiteiro. É necessário destacar que o creme de confeiteiro é aquele creme que normalmente é o recheio dos sonhos. Na maioria esmagadora dos estabelecimentos, esse creme é comprado pronto (em pó) e só é adicionado um líquido (água ou leite) para prepará-lo. Esse é um dos motivos pelos quais escuta-se muitas vezes que “os sonhos das padarias de hoje não tem o mesmo gosto dos de antigamente”. A praticidade e padronização têm seu preço…

??Corra de... Madeleine de morango. Não está no mesmo nível dos outros itens da casa.

??Corra para... Croissant de amêndoas. Combina tudo que um bom doce precisa! Entraria facilmente entre as melhores sobremesas do Recife!

Meio do Mundo Café Bistrô
Rua do Futuro, 858, Jaqueira, Recife  – PE
Horário de funcionamento: Terça a Domingo, das 8h às 21h
Telefone: (081) 3032-0225

Por Jorge Arranja do De Colher Vem Mais

Quando três amigos apaixonados por comer (e cozinhar) se reúnem, a conversa não pode ser muito diferente de restaurantes, jantares, pratos e receitas. Não falamos de temperos ou destrinchamos a alta gastronomia, mas fazemos uma verificação empírica de como nossos restaurantes, bares e lanchonetes andam caprichando, para que você saiba os melhores pratos e as melhores casas. E lembre: de colher vem mais!

 

Os conteúdos publicados no PorAqui são de autoria de colaboradores eventuais e fixos e não refletem as ideias ou opiniões do PorAqui. Somos uma rede que visa mostrar a pluralidade de bairros, histórias e pessoas.