a casa,
sentir o mundo pela janela, desejo
mirante da praça,
artéria que liga o centro às zonas
com nome dos pontos da rosa dos ventos
o lado norte, os aflitos, mas dai graças,
a jaqueira, o fruto e um poço com panela,
no sul, tem uma boa viagem, a santa das candeias, uma brasília pernambucana,
o leste das areias e da estância
e o oeste da várzea do capibaribe, um mato na metrópole
ou dádiva
a casa
e o azulejo no muro
o mofo na tinta que mora nas paredes há décadas,
nas entranhas, visceral
e o verde que tomou conta do jardim,
escrito pela natureza, matriarca
ninguém rega as plantas
mas elas pintaram a fotografia de cor esperança

A rua que te abraça

Raiza Figuerêdo chegou ao mundo no verão de 1989, em Salgueiro, Sertão de Pernambuco. Nas curvas da estrada, foi descobrindo seus vários eus: escritora, psicóloga, cientista, professora e ainda outros. Tem buscado treinar o olhar para enxergar as pequenas grandes coisas do cotidiano, que coloca no ar em seu site e no canal que mantém no PorAqui, ‘Caminho’. Mora nas Graças.

 

Os conteúdos publicados no PorAqui são de autoria de colaboradores eventuais e fixos e não refletem as ideias ou opiniões do PorAqui. Somos uma rede que visa mostrar a pluralidade de bairros, histórias e pessoas.