Dezenas de lojas da rede de farmácias Big Ben foram fechadas nesta quarta-feira (31) na Região Metropolitana do Recife. Outras lojas, localizadas no interior do Estado, foram fechadas na última terça (30). Com isso, a rede encerra suas atividades em Pernambuco.

A Brasil Pharma, detentora da marca, não se pronuncia, mas a informação foi confirmada pelo Sindicato dos Farmacêuticos no Estado de Pernambuco (Sinfarpe), que contabiliza mais de 200 profissionais da categoria desempregados.

PorAqui sorteia ingressos para 5 festas bombadas do Carnaval 2018. Participe!

No último dia 10, a empresa ajuizou um pedido de recuperação judicial na cidade de São Paulo, no valor de R$ 1,2 bilhão. A empresa incluiu 15 mil credores no pedido.

A entidade recebeu representantes da empresa para uma reunião nesta quarta (31), na qual definiu algumas medidas para a homologação da demissão dos farmacêuticos. Uma assembleia geral da categoria está sendo convocada para a próxima segunda-feira (5), às 10h, no Memorial de Medicina, na Rua Amauri de Medeiros, 206, no Derby.

“A situação é delicada e precisa ser analisada cuidadosamente. Estamos tristes com o fechamento da Big Ben no Estado e a perda do emprego de tantos companheiros nossos. Comunicamos aos profissionais que a entidade sindical vai atuar no sentido de preservar os direitos ao máximo possível”, comenta a presidente do Sinfarpe, Veridiana Ribeiro.

Classic Vídeo: a mais clássica das locadoras do Recife

Histórico

Há mais de dez anos operando em Pernambuco, a rede Big Ben foi criada por um grupo paraense e comprada pela Brasil Pharma em 2011 por R$ 453 milhões. Já apresentando problemas, em 2017 a Brasil Pharma foi repassada pelo Banco BTG Pactual ao empresário Paulo Remy por um valor simbólico.

O fechamento e a demissão em massa ocorrem um ano após algumas lojas no Recife e em Caruaru terem sido encerradas. Em reportagem do Jornal do Commercio de 1º de fevereiro de 2017, o Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos de Pernambuco (Sincofarma-PE) contabilizava 72 unidades em funcionamento no Estado.