O universo do audiovisual está repleto de mulheres, mas pouco ainda se vê na tela do tanto do que é produzido por realizadoras mundo afora. Nesta semana, Recife e Camaragibe receberão uma leva considerável dessa produção cinematográfica durante o II Festival Internacional de Cinema de Realizadoras – Fincar, que começa nesta terça (14) e vai até o domingo (19).

Mais de 70 filmes dirigidos por mulheres serão exibidos em três equipamentos culturais: Cinema São Luiz (onde acontece a abertura do II Fincar), no bairro da Boa Vista, a partir das 18h30; Cinema da Fundaj (unidade Derby) e Cine Teatro Bianor Mendonça Monteiro, em Camaragibe.

Equipe Fincar (Foto: Foto: Beatriz Ataidio/FINCAR/Divulgação)

Além do Brasil, Argentina, Alemanha, Líbano, Noruega, Irã, China, Rússia, Hungria, estão representados na programação. Após as sessões de cinema (com curtas, médias e longas-metragens), haverá debates com os espectadores, com o objetivo de ir além fruição artística, e investindo na formação de público.

A curadoria que escolheu os filmes da II Fincar foi formada exclusivamente por mulheres: Realizadoras, artistas visuais, cineclubistas, comunicadoras populares, pesquisadoras acadêmicas, pesquisadoras livres, estudantes de cinema.

Os ingressos custam R$ 3 no Cinema São Luiz e R$ 2 no Cinema da Fundaj. As sessões para o filmes exibidos no Cine Teatro Bianor Mendonça Monteiro, em Camaragibe, são gratuitas.

Programação infantil

O cinema de animação realizado por mulheres em diversos países compõem a Sessão Infantil, que, este ano, se junta à Programação Escolar. Ambos terão como espectadores estudantes de escolas públicas do Recife e de Camaragibe.

Social

O Fincar está mobilizando comunidades ao redor dos cinemas onde haverá sessões para que as pessoas venham a conhecer os equipamentos e assistir aos filmes, além e conhecer a proposta do festival.

A sessão do média-metragem Mulheres Rurais em Movimento, na quinta (16), contará com a presença das ativistas do Movimento da Mulher Trabalhadora Rural do Nordeste / MMTR-NE, que participaram da direção coletiva do filme. Elas virão de Caruaru e de outros estados do Brasil para participar da exibição.

Investindo na formação de público, nesta edição foi lançada a campanha Sócias FINCAR. Um total de 150 credenciamentos serão distribuídos para residentes em subúrbios e periferias – em especial pessoas trans, não binárias, mulheres heterossexuais e LBT.

Basta enviar um e-mail para o endereço fincar.comunicacao@gmail.com, solicitando o passe livre para a programação completa. O objetivo da campanha é democratizar o acesso ao cinema de realizadoras e aos debates pertinentes que dele decorrem, inclusive no ambiente virtual.

Programação – II Fincar

CINEMA SÃO LUIZ
Rua da Aurora, 175 – Boa Vista, Recife (PE)

Terça (14)
18h30 | ABERTURA
19h | CURTAS: sessão É minha cada parte do meu corpo + debate com realizadoras
20h40 | LONGA: Diários de Classe, de Maria Carolina da Silva e Igor Souza
Documentário | Colorido | 72′ | 2017 | Brasil

Quarta (15)
18h30 | CURTAS: Existir, Ocupar! + debate com realizadoras
20h30 | LONGA: Piripkura, de Mariana Oliva, Renata Terra e Bruno Jorge.
Documentário | Colorido | 82′ | 2017 | Brasil

Quinta (16)
18h30 | CURTAS: sessão Noturnas + debate com realizadoras
20h25 | MÉDIA: Mulheres Rurais em Movimento, de Prévost Héloïse e Movimento da Mulher Trabalhadora Rural do Nordeste (MMTR-NE), + debate com realizadoras
Documentário | Colorido | 46′ | 2016 |Brasil

Sexta (17)
18h30 | CURTAS: sessão Corpos de terra e mar + debate com realizadoras
20h30 | MÉDIA: Teko Haxy: Ser Imperfeita, de Patrícia Ferreira e Sophia Pinheiro, + debate com realizadoras
Documentário, Experimental | Colorido | 39′ | 2018 | Brasil

Sábado (18)
18h30 | CURTAS: sessão Me chame pelo meu nome
19h40 | LONGA: O Caso do Homem Errado, de Camila de Moraes, + debate com a realizadora
Documentário | Colorido, P&B | 77′ | 2017 | Brasil

Domingo (19)
9h – 11h | Sessão Infantil

CINEMA DA FUNDAJ (DERBY)
Rua Henrique Dias, 609 – Derby, Recife (PE)

Quarta (15)
14h | CURTAS: sessão Correntezas
15h22 | LONGA: Cuatreros, de Albertina Carri
Documentário | Colorido, P&B | 85′ | 2017 | Argentina

Quinta (16)
9h – 11h | PROGRAMA ESCOLAR 01 + debate
14h | CURTAS: sessão Vivas nos queremos
15h05 | CURTAS: sessão Dançando a revolução
16h10 | LONGA: Lírios não nascem da lei, de Fabiana Leite
Documentário | Colorido | 65′ | 2017 | Brasil

Sexta (17)
9h – 11h | PROGRAMA ESCOLAR 02 + debate
14h | ESPECIAL: sessão Retrospectiva Cachoeira Doc + debate com Amaranta Cesar

Sábado (18)
14h | LONGA: Wild Relatives, de Jumana Manna
Documentário | Colorido | 66′ | 2017 | Alemanha, Líbano e Noruega
15h15 | CURTAS: sessão Recontando a História + debate com realizadoras

Domingo (19)
14h – Programa Janaína Oliveira: FICINE (Fórum Itinerante de Cinema Negro / RJ)

CINE TEATRO BIANOR MENDONÇA MONTEIRO
Avenida Dr. Pierre Collier, 441 – Vila da Fábrica, Camaragibe (PE)

Sexta (17)
8h30 – 11h | PROGRAMA ESCOLAR 01 + debate
14h – 17h30 | PROGRAMA ESCOLA 02 + debate
19h | SESSÃO DE CURTAS 01 (maiores de 18 anos) + debate com realizadoras

Sábado (18)
14h | SESSÃO INFANTIL
16h | LONGA: Diários de Classe
19h | MÉDIA: Teko Haxy – Ser Imperfeita

Domingo (19)
14h | SESSÃO DE CURTAS 2 + debate com realizadoras
16h | MÉDIA: Mulheres Rurais em Movimento, de Prévost Héloïse e Movimento da Mulher Trabalhadora Rural do Nordeste (MMTR-NE), + debate com realizadoras
Documentário | Colorido | 46′ | 2016 |Brasil
19h | LONGA: O Caso do Homem Errado, de Camila de Moraes, + debate com a realizadora
Documentário | Colorido, P&B | 77′ | 2017 | Brasil