Atenção! Depois de muita reclamação e vários alertas sobre o risco de acidentes no trânsito, a Prefeitura do Recife resolveu não realizar os testes nos quais desligariam as lombadas eletrônicas em horários de pico durante o mês de agosto.

Leia também

Ciclistas e pedestres reclamam de travessia perigosa na Ponte do Pina

Despedida da Avenida Norte: 3 coisas que você não sabia sobre gelo-baiano

A decisão foi divulgada pela Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano (Semoc) e, portanto, neste dia 1º, retorno das aulas nas escolas particulares, preste atenção e respeite o limite de velocidade nas vias.

“Desde 2013, a atual gestão aumentou de 18 para 118 a quantidade de equipamentos do tipo (radares) nas vias do Recife. Essa ação teve influência direta na redução de mais de 30% no número de acidentes com vítima neste período”, afirma a nota do órgão municipal.

O desligamento definitivo dos equipamentos de fiscalização eletrônica no horário de pico estava previsto em um projeto de lei aprovado na Câmara dos Vereadores, em junho de 2017, de autoria do vereador Marco Aurélio. O PL chegou a ser vetado pela gestão municipal, mas, esta precisava comprovar na prática a eficácia dos radares e, por isso, desligaria.

“No entanto, após escutar as diversas manifestações da sociedade e o aprofundamento dos estudos técnicos realizados pela equipe da Prefeitura do Recife, a Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano decidiu cancelar o período de testes, mantendo a política de segurança viária da Prefeitura do Recife, já comprovada e com resultados expressivos para a mobilidade da cidade”, encerra a n