#PraCegoVer: Dentro de uma cabine de audiodescrição, uma mulher em pé olha para frente. Ela tem pele clara, cabelos lisos e compridos e usa fones de ouvido. À frente dela, um microfone preto, estreito e comprido.

O que é audiodescrição? Quais as particularidades da AD nas diferentes linguagens artísticas? Quais as características para ser um bom audiodescritor ou audiodescritora?

Nesta semana, o Janela dos Dias conversa com a audiodescritora Liliana Tavares, idealizadora e
coordenadora do Festival VerOuvindo e coordenadora de acessibilidade do projeto Sessão Alumiar, do Cinema da Fundação Joaquim Nabuco. Ela também é a voz maravilhosa que faz a AD dos nossos programas! 😄

Nós conversamos sobre as modalidades da audiodescrição, os usos de acordo com o tipo de produção – filmes, peças de teatro, espectáculos de dança, museus, etc. – e como saber se você pode ser um bom audiodescritor.

Quer saber mais sobre o campo da AD? Ou não sabe, mas quer aprender? Vem cá, dá o play! Vamos abrir as janelas da acessibilidade pelo mundo!

Sobre o Janela dos Dias

O Janela dos Dias é um canal que fala sobre acessibilidade na cultura por meio de vídeos com
acessibilidade comunicacional, ou seja, com os recursos de audiodescrição (voltado para pessoas
cegas e com baixa visão), legendas para surdos e ensurdecidos e Libras.

(Foto: Divulgação)

Os vídeos são lançados quinzenalmente, sempre abordando os espaços com acessibilidade, pessoas que trabalham na área e pessoas com deficiência atuantes como produtores culturais.