Neste sábado (28) é o Dia Nacional da Caatinga, bioma exclusivo do Brasil. E desde a última terça (24), o Jardim Botânico do Recife, no bairro do Curado, está promovendo uma exposição especial, que traz 15 exemplares da coleção científica na alameda de entrada da reserva. A mostra ficará até o dia 1º de maio.

Angico, umbuzeiro, craibeira e cactos são algumas das plantas nativas da Caatinga, que compõem o típico cenário do semiárido brasileiro e fazem parte da mostra, assinada pelo biólogo e analista ambiental Jefferson Maciel. As visitações acontecem das 9h às 15h30 (exceto na segunda-feira), com entrada gratuita.

A exposição segue até o dia 1º de maio (Foto: Arquivo PCR)

Além da exposição, o público pode visitar o jardim temático de cactos, que fica próximo à casa de vegetação e possui espécies pertencentes à família Cactaceae, que se destacam pela adaptação a ambientes extremamente quentes e áridos.

Descubra um jardim secreto no Poço da Panela

Jardim de Cactos do Jardim Botânico (Foto: Arquivo PCR)

Os cactos têm como principais características a presença de espinhos e a capacidade de reter água. A existência deste acervo busca resguardar o patrimônio genético destas espécies, que possuem potencial ornamental, agroecológico, industrial e biotecnológico.

Exposição de plantas da Caatinga no Jardim Botânico do Recife
Até 1º de maio
Jardim Botânico do Recife, BR 232/km 7,5 – Curado
Visitação: das 9h as 15h30 (exceto na segunda)
Entrada Gratuita