Um mundo fantástico, onde a cadelinha Joaquina, uma fêmea preta abandonada, é front-cat do musical de teatro infantil A Turma da Joaquina, obra literária assinada pelo dramaturgo jaboatonense Adriano Marcena. Nesta sexta-feira (29), numa parceria com a FlyStar Empreendimentos Criativos, a produção lançou a campanha para gravação do segundo DVD da trupe animal, intitulado Deixa de Preguiça. O objetivo é arrecadar R$ 30 mil reais para custear a gravação da obra através da plataforma de financiamento coletivo Kickante.

O valor arrecadado pelo crowdfunding também contemplará a gravação ao vivo da encenação, que acontecerá no dia 26 de julho, no Teatro Barreto Jr., com o público formado por alunos de escolas públicas. Além disso, elementos lúdicos complementares para compor a fábula, como quebra-cabeças, livros para colorir, jogos, camisas, chaveiros e cadernos de atividades, também serão produzidos.

Barulhos, explosões e outros transtornos na rotina do seu cachorro

“Joaquina nasceu na praia de Candeias e aqui ela juntou a turma, a banda dela. Nina, por exemplo, é uma gatinha que foi atropelada por um entregador de pizza e só tem uma pata. Mesmo assim, ela não deixou de lutar pelo seu sonho de ser bailarina e tecladista”, narra Marcena.

As músicas autorais trazem uma pegada inclusiva e, no intervalo entre uma canção e outra, acontecerão projeções de Joaquina falando sobre a convivência com os diferentes tipos de seres, combate à discriminação, abandono e maus tratos. Uma metáfora que pode ser entendida muito além do mundo animal.

A gatinha Nina perdeu a pata atropelada por um entregador de pizza | Foto: Divulgação

Três cadelas, um morcego, uma gata e um sapo. Personagens que passaram por dificuldades num mundo não tão fictício de Adriano Marcena, ganham vida para trazer uma mensagem. “O musical é um recado para o público infantil que visa contribuir para um mundo mais justo. Quando Joaquina criou a turma dela, foi para cantar e levar alegria para os animais abandonados na rua”, lembra.