Na estrada que segue para Barra de Jangada, continuação da avenida Presidente Castelo Branco, popularmente conhecida como as três faixas, um pequeno café surge como um oásis para os amantes da bebida preta. Moldado com a inspiração e gastronomia das cafeterias italianas, num ambiente acolhedor, que mistura referências europeias ao ambiente rústico do Sertão pernambucano em sua decoração, está o Coluna Café.

Morador do bairro de Candeias, Alberto Rico (45), proprietário, barista e cozinheiro do estabelecimento, residiu na cidade de Turim, na Itália, por 16 anos. “Durante esse tempo, fui proprietário do Restaurante Copacabana, mas voltei há cinco anos”, lembra. Decido, desenvolve o projeto há dois anos, mas só no último sábado (10), inaugurou o espaço na parte traseira da sua casa.

Coluna Café tem decoração inspirada no Sertão | Foto: Divulgação

Os cafés são bem tradicionais com preços que variam entre R$ 3 e R$ 4. Expresso, cappuccino, Marocchino, com leite e descafeinado, mas com o toque robusto e aromático dos gourmets comercializados em outras cafeterias.

Confeitaria

“Quase todo mundo que passa aqui é para experimentar uma boa torta. É muito difícil comer algo do tipo em Barra de Jangada. Lembro de uma doceria que tinha em Piedade, mas que não existe mais”, explica entre uma garfada e outra, Ana Paula, proprietária do Bar Sem Nome, que chegou ao local para comprar uma fatia.

Fridda Café: carinho e dedicação numa cafeteria em Candeias

Alberto aprendeu a arte da confeitaria com sua mãe. Tortas úmidas na medida certa. O clássico chocolate com creme suíço (R$ 5) ou um bolo de noiva (R$ 8) com o toque certo de ameixa, bem molhadinho, acrescido de vinho e champanhe. Mas o carro-chefe da casa é a torta que leva o nome do café: a torta Coluna. Notas suaves de café, creme e uísque.

O Coluna Café é aberto de terça a domingo, das 10h30 às 19h.

 Coluna Café
? Avenida Presidente Castelo Branco, 8159
⏰ Terça a domingo | 10h30 às 19h
☎ (81) 9605-4613