Pavimentada há mais de 10 anos, a Rua Jundiaí, em Jardim São Paulo, é uma transversal da Leandro Barreto, uma das principais do bairro. Um problema vem sendo observado no local: buracos vêm surgindo no asfalto.

De acordo com o metroviário Demerval José, que mora no local, a Rua Jundiaí não costuma passar por manutenções desde sua pavimentação. Um dos buracos se encontra em frente à sua casa.

“Quando a Compesa fazia alguma obra e deixava lá o buraco, a Prefeitura ia e ajeitava, mas isso quando o povo dava em cima pra que eles viessem”, diz Demerval.

(Foto: Gilzani Ferreira/colaboração)

Outro problema que ele relata são os alagamentos em dias de chuva. A Rua Jundiaí é numa descida. É na parte baixa que a água se acumula. “Aqui não tem drenagem. Quando chove, a água não desce, fica parada, com muitos pontos de alagamento”, informa Demerval.

Ele também diz que os alagamentos contribuem para os buracos. “Pois os paralelepípedos começam a se soltar”, ressalta.

Segundo a esposa de Demerval, Gilzani Ferreira, a Rua Jundiaí acaba recebendo as águas que vêm da Rua Leandro Barreto. “Descem toda da ladeira, não passam direto como deveria ser. Não escoam corretamente”, acrescenta.

Providências

Em resposta ao PorAqui, a Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) informa que, ainda nesta semana, “técnicos do órgão irão ao local para identificar o que está causando o alagamento e, dessa forma, programar os reparos que forem necessários”.

Com relação aos buracos, acrescenta que “realizará um levantamento das condições da pavimentação para verificar o que é de competência do órgão e incluí-los na programação”.

Informou também que não há mais o convênio para tapar buracos provenientes de obras da Compesa, sendo responsabilidade desta o restauro do trecho da rua após as intervenções.