Em sintonia com o início das férias de julho, a Prefeitura de Olinda lança, neste domingo (01), das 6h às 12h, na Avenida Beira-Mar, a primeira edição do Olinda Mais Lazer. A ação convida pessoas que são chegadas a acordar cedo para curtir a orla de Casa Caiada com atividades de esporte e lazer. O evento acontecerá um domingo por mês.

A ação ocupará as imediações da Praia do Quartel onde um trecho de 150 metros terá passagem para carros impedida e será destinada para que olindenses e visitantes possam usufruir de atividades como ginástica, vôlei, futevôlei, futebol de praia, futebol americano, frescobol, torneio de dominó.

Escolinha de vôlei fará parte da programação. Foto: Divulgação

Além das atividades esportivas, quem topar o rolê poderá também aferir pressão e glicemia, curtir música ao vivo, comprar artesanatos, visitar feira de microempreendedores e apreciar desfile de bonecos gigantes. Brinquedos infláveis para crianças e food trucks também estão na lista dos atrativos.

Durante o período das atividades, guardas municipais farão a segurança e as crianças serão identificadas com pulseiras. Ações de conscientização cidadã também serão realizadas no local.

O Olinda Mais Lazer acontece a partir de uma integração entre as secretarias de Segurança Urbana, Serviços Públicos, Saúde, Meio Ambiente, Cultura/Turismo, Trânsito, Educação, Esportes e Juventude, Assistência Social e Direitos Humanos.

Inovação Urbana

Na gestão de Fernando Haddad foi lançado o projeto Ruas Abertas.

Inciativas que incentivam a reconexão do cidadão com o espaço público é uma prática cada vez mais comum nos grandes centros urbanos e a gestão pública de Olinda teoricamente entra em sinergia com esse movimento de reapropriação da cidade.

A ação Olinda Mais Lazer dialoga com outros projetos no Brasil e no mundo que escolhem dias específicos da semana para fechar vias públicas e transformá-las em espaços de lazer abertos ao público.

Como exemplo, na gestão de Fernando Haddad, em São Paulo, a Avenida Paulista serviu como protótipo do programa Ruas Abertas, que foi premiado pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) na categoria “urbanidade”.

Em Caruaru uma das principais vias é fechada aos domingos e feriados. Foto: Divulgação

Na cidade de Caruaru, aos domingos e feriados, a Agamenon Magalhães – uma das principais avenidas da cidade – fecha uma de suas vias atraindo público de todas as idades para andar de bicicleta, skate, praticar caminhadas e outras atividades de exercício e lazer.

Vida sem carro

A cidade de Helsinki quer abolir os carros até 2025. Foto: Riku Kettunen

O uso do automóvel como o principal meio de transporte nos grandes centros urbanos virou sinônimo de dano ambiental e ameaça à vida humana. Vendido como artigo de luxo no início da década de 1960, o carro passou a ser uma necessidade inventada pela indústria automobilística e hoje é um dos protagonistas do caos urbano.

Soluções como alargar vias e criar novas rotas para os transportes motorizados já não são mais opções para sanar o trânsito impraticável. A cidade de Helsink (Finlândia), por exemplo, tem um plano de mobilidade sustentável que tem como meta tornar o carro indispensável até 2025. Outras cidades como Hamburgo (Alemanha), Madri (Espanha) e Paris (França) seguem a mesma toada.

Olinda está longe de aplicar políticas públicas para mobilidade que alcance esse nível de ruptura, mas a ação Olinda Mais Lazer é um ótimo termômetro para a população olindense, principalmente da classe média, começar a experimentar e refletir sobre o papel que o carro preenche nas suas vidas.

Olinda Mais Lazer
?
Avenida Beira-Mar, na Praia do Quartel, Casa Caiada/Olinda
? 01 de julho
⏰ 6h às 12h
Acesso Livre