É ali na Rua 27 de janeiro que a estilista Algecy Nunes, formada em educação física, desfila os seus dotes com o simpático De Mim Pro’cê. O nome do atelier de roupas pode até soar mineirinho, mas a gentileza vem lá do interior de Pernambuco, mais precisamente da agrestina Surubim, cidade onde a comerciante nasceu.

Aberta há quatro meses em uma típica casa da Cidade Alta e com muita Fenearte na bagagem, a De Mim Pro’cê se reconhece como um ambiente de “roupas femininas”. “Os modelos são variados, vestidos e saias, longos e curtos, tem macacão também”, explica Algecy. Os preços variam entre R$150 e R$ 350.

Imagem: Divulgação/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

“A nossa moda é atemporal, comprando aqui você pode vestir hoje ou daqui a 10 anos”, garante. Sobre o negócio Algecy tem moral para falar, já que está à frente de tudo. Além de gerenciar o atelier, é ela quem idealiza as peças, faz o corte, a costura, o bordado. Inclusive, o grande diferencial é o bordado em linho. Tecidos em viscose e popeline também marcam presença.

O atelier por dentro. Foto: Rodrigo Édipo/PorAqui

A dita “moda masculina”, timidamente, começa a ocupar espaço em uma das araras do atelier, com a presença de camisas de botão no valor de R$ 150. Segundo a comerciante, outras peças já estão sendo desenvolvidas e logo mais estarão disponíveis.

De Mim Pro’cê
?
Rua 27 de Janeiro, 197, Carmo – Olinda/PE (Ao lado do Centro de Cultura Luiz Freire)
⌚ Segunda à sexta (09h-11h e 13h30-17h) | Sábado: (9h-18h)
☎ 
(81) 9.9888.3309
@demimproceatelier