“Se você mora na periferia, provavelmente deve sentir uma angústia de viver num local em constante colapso estrutural”, relata Ricardo Brazileiro, morador da Cidade Tabajara, em OlindaCeleiro da cultura popular em Pernambuco, os habitantes do lugar têm se mobilizado na internet em prol de uma melhor qualidade de vida.

A ferramenta utilizada no momento é uma petição online endereçada ao prefeito de Olinda Professor Lupércio reivindicando uma audiência pública. O manifesto assinado pela comunidade alerta que o local “está prestes a entrar em colapso urbano por conta da falta de infraestrutura urbana e visão de futuro para o bairro”.  

“O bairro tem alguns grupos de Facebook e essa história já vem de uma recorrência de reclamações do último ano e a gente começou a organizar a partir do diagnóstico dos moradores. Essa petição é um resumo disso”, conta Ricardo Brazileiro.

Os problemas foram elencados em ordem de prioridade. Saneamento e pavimentação, limpeza e coleta de lixo, iluminação pública, mobilidade e transporte são alguns dos desafios levantados que denunciam a ausência de condições básicas favoráveis para sobrevivência.

Para além da beleza arquitetônica e histórica da Cidade Alta, existe uma Olinda profunda que é praticamente invisibilizada pelo poder público. Queira ou não, a articulação em prol da Cidade Tabajara pode inspirar também os bairros de Rio Doce, Ouro Preto, Guadalupe, Águas Compridas, Alto da BondadePeixinhos, Aguazinha, Amaro Branco, Caixa D’água, Passarinho, Jardim Brasil, entre tantos outros que vivem à margem do cartão postal.

Se você mora na periferia de Olinda e participa ou conhece alguma movimentação em prol da qualidade de vida do seu bairro, entre em contato conosco no e-mail olinda@poraqui.news.

✍Assine a petição pela recuperação urbana da Cidade Tabajara