Hoje a vizinhança do Sítio Histórico de Olinda amanheceu cinza. A moradora da Cidade Alta Maria Alice Soares dos Anjos (74), conhecida pelas pessoas próximas como “Baixinha”, foi encontrada sem vida no quintal da própria casa na noite desta terça-feira (13), em Olinda. Por enquanto, a suspeita é de latrocínio.

Maria Alice era arquiteta aposentada pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e fazia parte do conselho da Sociedade Olindense de Defesa da Cidade Alta (Sodeca). Também era uma das fundadoras do tradicional bloco Eu Acho é Pouco e foi uma das artistas que esteve à frente da confecção do primeiro estandarte do bloco.

A paixão pelo Carnaval de Olinda foi um dos motivos para que a alagoana viesse morar na cidade e por aqui ficar até o fim da vida. “A questão era vir morar em Olinda. Essa vontade começou a fluir quando a gente vinha para o Carnaval”, explicou Maria Alice em depoimento registrado na publicação Como o Carnaval se Vestiu de Vermelho e Amarelo, do bloco Eu Acho é Pouco.