A cidade de Olinda é repleta de bares (agradeça!) e, há seis meses, mais um estabelecimento brotou para a alegria da vizinhança boêmia do bairro de Casa Caiada e arredores. Dessa vez, uma antiga casa de família desocupada se transformou em um barzinho super good vibe com cerveja gelada e uma comida realmente MUITO boa.

“Depois que minha avó se mudou daqui, a casa ficou entregue e foi invadida por usuários de drogas”, disse Tarek Farah, um dos sócios do Badalo Street Food. Hoje é difícil visualizar o local com os olhos de antes, pois tudo por lá é muito bem cuidado e o carinho pelo espaço transparece em Farah e Ricardo Clécio, o outro proprietário e também cozinheiro.

Casa Caiada terá primeiro campeonato de Just Dance

Visitei o Badalo Street Food representando o PorAqui e experimentei de perto as alquimias gastronômicas que transbordam do food truck amarelo que fica estacionado no simpático quintal da casa. Após a boa experiência fiz uma lista de 4 motivos para você visitar o estabelecimento. Confere! ?

1) Primeiramente (…) a comida é um diferencial

Linguiça de provolone. Foto: Chico Souza

Preparado pelos chefs Ricardo Clécio e José Carlos, o cardápio do Badalo Street Food tem como característica uma boa variedade de opções de petiscos. Tive a oportunidade de experimentar uma linguiça de frango com provolone, sucesso, e também uns bolinhos recheados do mesmo queijo.

Pêdu Burguer, hamburgueria artesanal em Casa Caiada

A generosa casquinha de siri maçaricada também vale muito a pena. Diferente de muitos lugares que nos empurram uma espécie de ensopado, lá você realmente sente a textura do fruto do mar. A casa também oferece outras opções de maçaricados, caldinhos, minipastéis, hambúrgueres artesanais, tapiocas e cuscuz.

Os sócios Tarek Farah (à esq.) e Ricardo Clécio, um dos chefs da casa. Foto: Chico Souza

2) Os molhos especiais

Foto: Chico Souza

Produzidos de forma caseira pelos chefs da casa, o Badalo Street Food oferece uma linha de molhos incríveis para acompanhar algumas opções do cardápio. O melhor de tudo? Eles não usam a maionese como base, deixando assim a experiência bem mais leve. Experimentei os de azeitona, pimenta biquinho e mostarda e mel. Destaque para o último.

3) Cerveja gelada

A olindense Duvália é uma das artesanais da casa. Foto: Chico Souza

Saber gelar uma cerveja é condição sine qua non para qualquer bar dar certo, confere? Isso o Badalo sabe fazer muito bem. A proposta artesanal faz parte do cardápio e lá você pode optar por cerveja e chopp Debron ou se deliciar com a olindense Duvália, que tem uma opção escura imoral de mel de engenho. PS: Itaipava 600 ml custando R$ 5,90 também fortalece o core.

4) Atendimento & Ambiente

Vista debaixo do pé de pitanga. Foto: Chico Souza

Os funcionários do lugar transparecem simpatia e a presteza da atenciosa garçonete Mônica conquista qualquer um. Localizado em uma casa de porte médio, o Badalo Street Bar atende os clientes em um aprazível quintal. Existe também uma área interna e climatizada.

Uma casa aconchegante. Foto: Chico Souza

O espaço também é amigo das crianças, oferece um pula-pula para os pequenos e também disponibiliza papéis e lápis de cor para fluir a criatividade. Outra opção de lazer incrível é um Videogame Retro Rapsberry com diversos consoles na memória e uma pá de jogos clássicos. Música ao vivo e karaokê já fazem parte da programação da casa.

Badalo Street Food
Rua Alcina Coelho Carvalho, 86, Casa Caiada, Olinda – PE
Quintas 18h às 23h | Sextas e Sábados 18h às 01h
@badalostreetfood