Preparem-se. Vem aí o evento mais esperado da boêmia olindense: o Prêmio Troféu Caloteiro do Ano, que será entregue no Bar de Peneira, nesta sexta (22), sob o slogan “É não pagar pra ver”.

Idealizado por seu proprietário, o nosso simpaticíssimo e sempre bem-humorado Peneira, o troféu será entregue ao maior devedor do ano no estabelecimento.

O bar, que terá direito até a tapete vermelho, contará com a presença ilustre de artistas, vereadores, médicos, advogados, militares, ou seja, toda a nata inadimplente da sociedade e em débito com o bar.

Show em Olinda é encerrado pra não acordar Menino Jesus de presépio

Biu, responsável pelo caderno de anotações, disse ter “tanta gente devendo que nem ele sabe quem levará o troféu e que apenas Peneira, apesar dos duradouros cochilos durante o expediente, é quem, de fato, sabe quem mais está em falta com a casa”.

Xexeiro, eu? 

Com exclusividade para os 4 Cantos NEWS, Peneira convidou os trambiqueiros. “Conto com a presença de todos. Venha pro evento, viu, seu xexeiro safado. Se você não vier, eu faço questão de contratar uma orquestra de frevo com mais de 100 músicos, convidar meus amigos da Imprensa e bater na porta da sua casa às 6h da manhã de domingo e ainda levo de lambuja o pessoal da campanha do quilo e algumas testemunhas de Jeová”.

Após essa declaração, uma quilométrica fila se formou e se estende do balcão do bar à Matriz de São Pedro, com gente querendo pagar o que deve. Porém, algumas pessoas, se garantindo no 13º como se fosse a salvação de todos os débitos, já estão gastando o dinheiro de Peneira com os ambulantes que se amontoam na Cidade Alta.

O Troféu Caloteiro do Ano está marcado para esta sexta (22), às 22h, e terá transmissão ao vivo pelo 4 Cantos NEWS.

Todas as notícias do 4 Cantos News são fruto da imaginação. Qualquer semelhança com a vida particular ou acontecimentos expostos à sociedade, dos que moram ou dos que frequentam este ambiente são meras coincidências. O conteúdo não reflete, necessariamente, a opinião do PorAqui. Somos uma rede que visa mostrar a pluralidade de bairros, histórias e pessoas.