Rua da Aurora, no Centro do Recife. Um dos cartões postais da cidade. Assim como tantos outros cartões postais no Recife, ao mesmo tempo em que é cultuada e amada, é, também, maltratada, esquecida.

Em prol de uma vivência mais humana e de devolver à região seu potencial de espaço de convivência e lazer, moradores, comerciantes e frequentadores formaram o coletivo Amigos da Aurora, que tem como intuito unir forças para reivindicar melhorias para o lugar, tornando-o mais agradável para quem usufrui dele.

Nesta quinta (5), eles se reunirão para discutir alguns pontos que vêm preocupando: segurança, infraestrutura, obras à revelia da comunidade, entre outros assuntos. O encontro será às 19h30, ao lado do fiteiro de Dona Nita, que fica em frente ao Edf. Alfredo Bandeira (nº 1071).

Rua da Aurora tem deixado de ser atrativo público (Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem)

“Faz uns três anos que estamos promovendo algumas ações em prol da Rua da Aurora, principalmente no trecho entre a Av. Mário Melo e a Ponte do Limoeiro”, diz uma das integrantes do coletivo, Séphora Silva, sobre a extensão de maior concentração residencial da via.

Na reunião desta quinta, um dos principais problemas discutidos será segurança. “O nível de tráfico aumentou bastante. Pessoas entregues ao crack, em qualquer hora do dia. Até presenciamos uma briga entre eles, em que um, todo ensanguentado, pulou para dentro de prédio”, conta Séphora.

“Existem obras que estão sendo feitas de forma arbitrária, que a região não comporta, em termos infraesturura”, diz Séphora, citando a Ciclovia Camilo Simões, segundo ela, feita à revelia da comunidade. “A ciclovia foi tirada da rua e colocada na calçada, na beira do rio, sem nenhuma passagem de pedestres, impedindo o próprio pedestre de contemplar o rio. Nem mesmo a comunidade de ciclistas achou que seria uma boa”, relata.

Coletivo já realizou atividades para mobilizar a população (Foto: Agência JCMazella)

Essas e outras questões serão discutidas para se pensar alternativas de melhorias para a Rua da Aurora, sempre com atuação dos Amigos da Aurora, cobrando junto ao poder público (Prefeitura, Câmara de Vereadores e Governo de Pernambuco, por exemplo).

“Todo nós queremos uma rua viva durante todo o dia, com segurança, com equipamentos de qualidade, com atividades de lazer e para todos e que a população seja ouvida nesse sentido”, conclui.

Quem quiser contribuir com ideias e sugestões para melhorias na Rua da Aurora, é só aparecer na reunião, que é aberta a todos.