Nesta quinta (24), o Teatro do Parque chega aos seus 102 anos de portas fechadas. Um dos casos mais emblemáticos do descaso do poder público com a cultura será o tema de audiência pública, que acontece nesta data de aniversário, a partir das 9h, no Plenarinho da Câmara Municipal do Recife, no bairro da Boa Vista, Centro do Recife.

LEIA TAMBÉM:
Artistas se organizam para Virada Cultural no Teatro do Parque

Prefeitura do Recife anuncia licitação para obras no Teatro do Parque

A audiência foi uma proposta do mandato do vereador Ivan Moraes Filho (PSOL), atendendo a uma demanda das organizações sociais. “O Teatro do Parque já é um problema antigo, que todo mundo que é da classe artística vem reclamando há um tempo”, diz Ivan, citando movimentos em prol da reabertura do equipamento, como o OcuParque e o Teatro do Parque (RE) Existe.

Um dos mais importantes e populares teatros do Recife, o Parque teve suas portas fechadas em 2010 pela prefeitura, para passar por reformas estruturais que, efetivamente, só começariam em 2015 – ano do seu centenário. No entanto, as obras não duraram muito tempo e foram paralisadas. Até hoje, não há uma previsão concreta de quanto serão retomadas as obras.

“Vamos demandar da Prefeitura respostas. Queremos sair de lá, minimamente, com um cronograma do que se pretende ser feito, de como vai ser a execução, de onde vai vir o dinheiro, assim como também queremos saber o que foi feito com os recursos do início da obra, que foi abandonada”, continua Ivan.

Para a audiência pública, foram convidados: João Guilherme Ferraz – Gabinete de Projetos Especiais da PCR; Oséas Borba Neto – Teatro do Parque (RE) Existe; Ricardo Coelho – promotor de Justiça do Estado de Pernambuco; Karuna Sindhu de Paula – Movimento Cine Rua; e Diego Rocha – presidente da Fundação de Cultura Cidade do Recife.

Por ser uma audiência pública, todo e qualquer cidadão por participar da discussão. “Este é um momento de democracia direta. As pessoas podem chegar aqui na Câmara, participar ativamente, podendo, inclusive, se inscrever e ter direito à fala, o que é fundamental”, destaca Ivan.

SERVIÇO
Audiência pública sobre reabertura do Teatro do Parque
Quinta (24), a partir das 9h
Plenarinho da Câmara Municipal do Recife | Rua Princesa Isabel, 410 – Boa Vista