A edição deste mês do Saraus em Pasárgada entra no clima do Mês da Consciência Negra e traz o tema “A Poesia Negra”. Para celebrar esta forte herança cultural, o escritor, poeta e declamador César Monteiro lança o seu novo livro, Poétnico – Um poema para Preta, um misto de poesia e contos que narra uma história de amor “proibida”. Será nesta sexta (17), às 18h, no Espaço Pasárgada, na Boa Vista.

No livro, um fazendeiro tem um caso de amor com uma de suas escravas, Preta, protagonista da história. A força da paixão de Preta influencia o amado a libertar os demais escravizados e assim, do amor proibido, nasce a liberdade.

Poétnico evidencia o poder da mulher negra, que luta e usa todas as armas para libertar seu povo da opressão. Relata o surgimento de duas comunidades quilombolas de Brejão, lugares de refúgio, esperança de liberdade e vida digna”, conta o autor, nascido em uma comunidade quilombola no município de Brejão, no interior de Pernambuco.

(Foto: Reprodução)

Além do lançamento e um bate-papo com o autor, o Saraus em Pasárgada – que tem sempre microfone aberto para os poetas presentes 0 – contará ainda com a participação do Grupo Bonotrio, que irá recitar os poemas do livro Poétnico.

O acesso é gratuito.

SARAUS EM PASÁRGADA – O projeto teve início em outubro de 2016, com a poetisa Jussara Salazar falando sobre o tema Vida e Morte na Poesia. Em um ano, recebeu mais de 600 pessoas como público e convidados notáveis no cenário contemporâneo da poesia pernambucana como Miró, Zizo, Meca Moreno e o grupo Profundanças.

Saraus em Pasárgada – Lançamento do livro Poétnico – Um poema para Preta 
Sexta, 17, a partir das 18h
Espaço Pasárgada | Rua da União, 263 – Boa Vista
Acesso gratuito