De terça (10) até sexta-feira (13), o Porto Digital, em parceria com o Instituto Cervantes e com a Embaixada da Espanha no Brasil, recebe a Mostra Espaço Feminino, que, como o nome sugere, reúne uma série de produções recentes dirigidas por mulheres espanholas. O evento é gratuito.

Os filmes serão exibidos no auditório do Apolo 235, sempre às 19h, e, para participar, basta chegar cedo e garantir seu lugar (cada sessão terá uma lotação de 80 lugares, atente para a classificação indicativa das obras).

A Mostra é organizada pela Coordenação de Festivais de Cinema Feminino TRAMA (para seleções de longas-metragens e documentários) e CORTOSFERA (para curtas-metragens), e alinha-se com uma questão de relevância mundial: a disputa por mais espaço para mulheres que trabalham com audiovisual.

De terça a quinta serão exibidos três longas-metragens e uma mostra de curtas-metragens está programada para a sexta. As obras serão exibidas com o áudio original, com legendas em português.

Confira abaixo a programação e a sinopse dos filmes que compõem a mostra:

Terça-feira (10)
A noiva (2015) – Diretora: Paula Ortiz
Duração: 93 min.
Classificação: 16 anos
Gênero: Romance/Drama

Sinopse: Adaptação de “Bodas de Sangue”, de Lorca. Desde pequenos, Leonardo, o noivo e a noiva formam um triângulo inseparável, mas à medida que se aproxima a data do casamento, as coisas começam a se complicar entre ela e Leonardo, porque entre os dois sempre houve algo além de amizade. A crescente tensão entre eles é como um fio invisível, impossível de explicar, e tampouco romper.

Quarta-feira (11), às 19h
Requisitos para ser uma pessoa normal (2015)  – Diretora: Letícia Dolera
Duração: 81 min.
Classificação: 7 anos
Gênero: Comédia romântica

Sinopse: María de las Montañas é uma mulher de 30 anos a quem a vida não sorri: ela não tem emprego, foi expulsa de seu apartamento, não tem parceiro e vive longe de sua família. Em uma entrevista de trabalho lhe perguntam que tipo de pessoa ela é e, ao perceber que não cumpre nenhum dos requisitos para ser considerada “normal”, ela começa a reunir esforços para isso: se tornar uma pessoa normal.

Quinta-feira (12), às 19h
María Moliner. Estendendo palavras (2017) – Diretora: Vicky Calavia
Duração: 70 min.
Classificação: Para todas as idades
Gênero: Documentário

Sinopse: As palavras e suas definições, seu interesse intelectual mais profundo, são o veículo narrativo e poético deste documentário: palavras estendida, palavras que constroem pontes. Uma presença feminina nos conduz pelos feitos mais importantes da vida de María Moliner, destacando os termos que os definem, com definições dadas por ela em seu próprio dicionário. Através de uma narração com as palavras de Moliner, destaca-se uma forte personalidade, refletida em sua obra prima: o Dicionário de Uso do Espanhol.

Sexta-feira (13), às 19h
RIOT GIRLS: Curtas de Espanholas
Sessão de curtas-metragens dirigidos por mulheres

Miss Wamba (2017)  – Diretora: Estefanía Cortés
Duração: 17 min.
Classificação: 7 anos
Gênero: Drama
Sinopse: Uma mulher atormentada pelo passado encontra um velho com quem ela se conecta imediatamente.

Oasis (2014) – Diretora: Carmen Jiménez
Duração: 15 min.
Classificação: 16 anos
Gênero: Drama
Sinopse: Nieves é contratado como zelador de um edifício semi-arruinado em Nova Iorque. O trabalho torna-se mais difícil do que ele imaginava quando descobre o segredo que um dos apartamentos esconde.

Sara a la fuga (2015) – Diretora: Belén Fuentes
Duração: 15 min.
Classificação: 12 anos
Gênero: Drama
Sinopse: A jovem Sara vive há algum tempo em um abrigo para menores e não vê seu pai há anos. Ele prometeu vê-la, mas suas promessas não têm valor para Sara. As decepções foram tantas que, com 15 anos, ela aprendeu a lição muito bem: está completamente sozinha no mundo. Sua tutora, Núria, fará todo o possível para ajudá-la nesta situação dramática.

Waste = Lixo (2016) – Direção: DOSCABEZAS (Laura Sisteró, Alejo Levis)
Duração: 16 min.
Classificação: 7 anos
Gênero: Drama
Sinopse: Uma pequena comunidade de jovens mulheres é marcada por uma série de estranhas regras e rituais, em que um lápis manipulado pelo líder do grupo atua como bastão e orienta ações e movimentos do grupo. Esta rotina é truncada com a morte de uma delas. Como resultado, o melhor e mais íntimo amigo da vítima se voltará contra o líder do grupo e suas imposições, o que desencadeará um confronto bruto e violento.

Serviço:

Mostra Espaço Feminino: Mulheres diretoras no cinema espanhol
De 10 a 13 de abril de 2018 –Sempre às 19h
Local: Auditório do Apolo 235  – Rua do Apolo, 235, Bairro do Recife (entrada pela Rua do Observatório)
ENTRADA GRATUITA, sujeita à lotação do auditório.