Desde dezembro do ano passado, a Rua da Aurora, em Santo Amaro, conta com um lugar onde convergem diferentes serviços, produtos e, acima de tudo, liberdade… liberdade de ser. O Espaço Somos é uma plataforma colaborativa que traz, acima de tudo, a necessidade de agregar pessoas, confluir ideias e vivências, conectar o que de melhor pode de se captar na região.

Clube da Aurora: um desafio de compositores

Fruto da parceria dos sócios Manuela Lucena, Marcos Garcia e Rhuan de Paula, o Somos é um espaço híbrido, onde funcionam salão (não digamos “de beleza”, e sim “livre”, como eles preferem), estúdio de tatuagem, conveniência, bar e loja colaborativa. E, ainda, funciona como espaço para eventos, onde já foram realizados shows e saraus (recentemente, com Marcelo Mário Melo), por exemplo.

Manuela Lucena, Marcos Garcia e Rhuan de Paula estão á frente do Espaço Somos (Foto: Divulgação)

“Foi um encontro de nós três com a Aurora, nessa necessidade de coletivo: nós, como indivíduos, sentimos isso, e a Aurora, necessitava disso”, diz Manuela Lucena. “Ao pensar um conceito, consideramos ‘o que a Aurora gostaria de consumir nesse momento?’ e vimos que a Aurora é colaborativa, tem um público misto, tem uma identidade cultural muito forte”.

Após algumas oficinas de imersão com a Orbe e também pesquisa com moradores da área, eles chegaram a um conceito/formato que reflete uma busca coletiva dos três por um espaço plural, e que também dialogasse com aquela região, estivesse aberto a receber quem quisesse chegar junto, tanto no sentido de público quanto em quem queira usar o espaço para trabalho.

(Foto: Divulgação)

“A gente acaba absorvendo muita coisa de que vem de fora. Escutar as ideias que vêm chegando, das pessoas que vêm frequentando o espaço, assim como estamos abertos a receber mais gente para a loja colaborativa, por exemplo”, diz Rhuan.

Espaço

O carro-chefe do Somos é o Somos Salão para quem quer cuidar da beleza. Segundo eles, um “salão livre”, inclusive livre das distinções de gênero. Não há diferenciação nesse sentido. “Por exemplo, a gente não cobra corte de cabelo masculino ou feminino. Essa diferença, pra nós, não existe. O valor tem uma base a partir de uma matriz que distingue tamanho e volume do cabelo, independente do gênero”, diz, Rhuan.

Parede de plantas chama atenção no espaço (Foto: Leonardo Vila Nova)

Além disso, é um salão co-working. Quem quiser oferecer seu serviço de beleza pode usar o espaço. É o caso de Belle Souza, da Hair Instiga, que está lá todas segundas e terças.

O Somos Tatuagem, no primeiro andar do espaço, fica sob o comando de Carlos Mendonça (Carlero). E também é co-working, ou seja, o profissional de tattoo que quiser alugar o espaço, também pode chegar junto.

Loja Colab (Foto: Leonardo Vila Nova/PorAqui)

A Somos Colab, loja colaborativa, no momento, traz moda (com as marcas Aladê e Savina Store), decoração (Jardim 215 e Bordcraft), livros e a Colab artes, com obras de artes que ocupam o espaço como um todo, a exemplo do Mandíbula Ink e Katinelle (que, por sinal, é moradora da região) e Jonas Moraes.

E também o bar/conveniência, com cervejas (incluindo a artesanal Ekäut). O espaço também se adequa à realização de eventos, como shows, a exemplo do que rolou, recentemente, com Rubico e Tiné, que assume a curadoria dos eventos do Somos. Por sinal, no próximo dia 17, acontecerá uma atividade, reunindo música e vários serviços da casa, o dia inteiro (das 10h às 22h). Fique ligado, que o PorAqui te contará mais.

Liberdade

“Acreditamos que a liberdade de criar está na diversidade de ser”, diz a frase reproduzida pela artista Maria Ribeiro em uma das paredes do Somos. Esse “lema” reflete o pensamento do que também quer ser o Espaço Somos.

Como o próprio nome quer dizer, “Somos” traz essa vibe de agregar no coletivo, no plural. “Nascemos como um movimento de liberdade. A diversidade está em todo o espaço. Não temos cor, gênero”, Essa pluralidade está distribuída em todo o espaço.

(Foto: Leonardo Vila Nova/PorAqui)

“Queremos um ambiente livre, inclusive livre de padrões, segmentações ou categorizações”, continua Manuela. E a liberdade, está no discurso dos sócios. “Não queremos abraçar nenhuma forma de distinção. Não somos neutros, mas não levantaremos bandeiras. Nossa bandeira é essencialmente livre”.

Uma forma polêmica de se posicionar, em tempos de tantas polarizações ideológicas. “Vamos usar o espaço para ser esse lugar de encontro de ideias diferentes. Estamos falando com o plural, não diferenciando A ou B”, diz. “Dentro da caixinha não rola!”, reafirma Manuela, ao convidar toda e qualquer pessoa, de qualquer gênero, cor, credo, matiz ideológico para frequentar o espaço e se permitir SER EM COLETIVO.

Espaço Somos
Rua da Aurora, 1035 – Santo Amaro
Segundas a sextas, das 10h às 19h
Sábados, das 9h às 18h
(081) 98264-4036 (WhatsApp)
Facebook: /espacosomos
Instagram: @espacosomos