O ExcentriCidades está de volta! Depois de um tempo sem acontecer, o projeto retoma suas atividades nesta quarta (20), reunindo diversas linguagens artísticas e movimentando o Sexto Andar do Edifício Pernambuco, bairro de Santo Antônio, Centro do Recife.

Nesta edição – a primeira de 2017 –, haverá o pré-lançamento do livro Viagens não têm títulos, de Adones Valença, show da banda Sabiá Sensível e a performance Depó$ito DeGenerado, com a artista Vi Brasil.  Na discotecagem, DJ JL. Será a partir das 19h. A entrada custa R$ 10 (dez reais).

“É em tempos de golpe que a cultura exerce seu papel fundamental: resistir”, é nesta frase, de Bruna Leite (Corujas), que o ExcentriCidades se ancora e se agita para ressurgir. Ela e mais tantos outros fazem parte do coletivo Sexto Andar, responsável pela existência do projeto.

(Foto: Divulgação)

E essa retomada contará com o show de uma banda que há 10 anos vem fazendo suas “peripécias musicais” por aí, também dando algumas paradas, mas sempre retornando: o Sabiá Sensível.

Formada por Aninha Martins, Germano Rabello, Anaíra Mahin, Hugo Coutinho, Enio Borba, Iezu Kaeru e Vinícius Paes, a banda é uma conjugação criativa de seres bem diferentes e performáticos, numa mistura colorida e divertida do que alguns convencionam chamar de “tropicalismo” ou “pós-mangue”.

Confere o teaser do Excentricidades 2017 #1, produzido por Rafael Amorim (Jacaré Vídeo)

Totalmente imprevisíveis no palco – apesar do roteiro de músicas pré-estabelecidas – , “os sabiás” nunca fazem uma apresentação igual à outra, e, ainda, contam com uma elasticidade estilística que os deixa abertos às mais diferentes (e irreverentes) improvisações e performances. É música dançante e experimental, tudo ao mesmo tempo.

Nesta edição do ExcentriCidades, acontece também o pré-lançamento do livro Viagens não têm títulos, que é resultado do projeto de pesquisa homônima de Adones Valença, contemplada pelo Rumos Itaú Cultural 2015-2016.

São registros do artista produzidos ao longo de sua passagem pelos sertões de cincos estados do Nordeste brasileiro. Na mala de viagem, desenhos, escultura, pintura, poemas e objetos. Nas suas andanças – esse “deslocamento do corpo” – o encontro com o outro, pelos lugares onde passou.

“Viagens não tem títulos”, livro de Adones Valença, traz o resultado de suas andanças pelo Sertão (Foto: Rayra Matins)

Durante o trajeto, ele desenhou no seu sketchbook e escreveu um diário de bordo, apresentando narrativas – nunca completas – de reinvenção de um modo de viver, resultado desses encontros entre ele e as pessoas que habitam esses “lugares de esquecimento”.

O livro foi produzido entre junho e agosto de 2017, pela editora Inteligência Sensível, com coordenação editorial da artista visual Bruna Rafaella Ferrer e projeto gráfico da artista e designer Aurora Yett.

A noite contará, ainda, com Depó$ito DeGenerado, uma performance SURPRESA da artista Vi Brasil.

SERVIÇO
ExcentriCidades 2017 # 1
com Show de Sabiá Sensível + Lançamento do livro Viagens não têm títulos, de Adones Valença + Performance Depó$ito DeGenerado, da artista Vi Brasil + DJ JL
Quarta (20), a partir das 19h
Edifício Pernambuco/Sexto Andar | Avenida Dantas Barreto, 324 (6º andar) – Santo Antônio
R$ 10