Em 1979, por volta dos seus 24 anos, Manoel da Costa Lima Neto veio de Batalha (PI) para o Recife. Vinha por causa do Exército, como sargento. Mal sabia ele que, na verdade, estava predestinado a cumprir uma missão: fazer da música, sua paixão, caminho a ser seguido por vários jovens da capital pernambucana.

A ferramenta para isso? O maior bloco carnavalesco do mundo. Foi no Galo da Madrugada, mais famosa agremiação de Pernambuco, que ele iniciou um projeto que hoje ganha seu nome: Escola de Música Maestro Lima Neto. É lá que, há oito anos, diversas crianças e jovens vêm sendo formadas em música e ganhando o mundo com ela.

“A gente ensina aos alunos a música: teoria musical e também a prática. Formamos músicos para que eles possam seguir seu trabalho”, conta o maestro, hoje com 63 anos.

(Foto: Divulgação)

A Escola de Música Maestro Lima Neto fica na Rua da Concórdia, a poucos metros da sede do Galo, bairro de São José. O centro de ensino surgiu da união de ideias de Lima Neto e de Rômulo Menezes, presidente da agremiação.

O objetivo é atender jovens e crianças que moram nos bairros do entorno e lhes dar formação musical sólida. Tudo gratuitamente. “A ideia foi passar tudo o que aprendi para as crianças, dividir o conhecimento com elas”.

Atualmente, são mais de 40 jovens inscritos na escola. Não mais apenas do entorno. Há turmas que vêm de outros bairros, como Areias, na Zona Oeste do Recife, por exemplo, e até de outras cidades, como Goiana.

(Foto: Divulgação)

Para ter aulas de música, o aluno tem de estar matriculado regularmente em alguma escola. “E não é só estar na escola, tem também que ter boas notas, ser bom aluno”, pontua.

Atualmente, por conta de problemas de saúde, o maestro não pode comparecer diariamente à escola. Passou o bastão para o filho Jorge Lima Neto, músico como ele. Mas, sempre que pode, dá uma olhadinha lá. O orgulho da semente plantada é imenso.

“Temos alunos que estão por aí tocando profissionalmente, em orquestras, em bandas. Tem aluno que já foi tocar até no Canadá”, conta ele.

São 40 anos de Galo… e 40 anos de Seu Zacarias no Galo

Homenagem

Na última semana, o maestro recebeu uma homenagem: depois de oito anos de projeto, o centro de ensino foi batizado com seu nome. A Escola de Música Maestro Lima Neto ganhou uma placa que marca o reconhecimento pela trajetória de dedicação a esse trabalho social.

(Foto: Divulgação)

“Eu recebi essa homenagem com muita surpresa! Não esperava por isso”, revela o maestro, que viu, muito mais do uma placa, ser coroada sua paixão pela música, que vem desde a infância.

Por volta dos oito anos de idade, ainda em Batalha (PI), Lima Neto começou a sentir interesse pela música. Era nessa idade que ele costumava, na percussão, acompanhar seu avô em festas da região.

Maestro Lima Neto recebe homenagem (Foto: Divulgação)

Com o tempo, a paixão foi crescendo, e ele, se aprimorando. Tornou-se saxofonista. Ao ingressar no Exército, já era músico. Até que veio ao Recife. Aqui, conheceu o Galo da Madrugada e ingressou na orquestra do bloco, onde tocou por mais de 20 anos.

Apesar dos cuidados com a saúde, ele não largou a música. Nem ela, dele. “Eu ainda hoje toco nos bailes”, conta, com um bom humor que se sobressai, assim como o brilho nos olhos quando fala de sua vida e do fruto que deixou para tanta gente.

Escola

A Escola Maestro Lima Neto fica na Rua da Concórdia, Nº 736, bairro de São José, no Recife. As aulas são realizadas nas terças e quintas, das 14 às 16h, e são gratuitas. Mais informações pelo telefone (081) 3225-0138.