Na próxima quarta (21), a Orquestra Sinfônica do Recife (OSR) – a mais antiga em atividade ininterrupta do país – dá início à sua temporada de concertos em 2018, com apresentação no Teatro de Santa Isabel, a partir das 20h.

O concerto de estreia, que é gratuito e aberto ao público, traz no seu programa peças do repertório do compositor checo Dvorák e do maestro fluminense Guerra-Peixe.

A apresentação abrirá com a Sinfonia nº 8 da Era Romântica de Antonín Dvorák. Obra em 4 movimentos, “que oscilam do brilhantismo e pujança sonora marcada pela utilização espetacular dos instrumentos de percussão ao típico solo de violino de Dvorák, seguido de uma graciosa dança no compasso de valsa, para culminar numa dramática turbulência”, explica o maestro Marlos Nobre, regente da OSR.

Nenéu Liberalquino: 15 anos à frente da Banda Sinfônica do Recife

Na sequência, será apresentada a peça Mourão, do compositor, arranjador e estudioso da música brasileira Cesar Guerra-Peixe, finalizada por Clóvis Pereira. Apesar de nascido em Petrópolis (RJ), Guerra-Peixe dedicou grande parte dos seus estudos à música popular nordestina, como maracatu e frevo, e contribuiu – inclusive, com Mourão – para o Movimento Armorial.

Primeiro Concerto Oficial da Orquestra Sinfônica do Recife em 2018
Quarta-feira (21) a partir das 20h
Teatro de Santa Isabel | Praça da República, s/n – Bairro de Santo Antônio)
Entrada gratuita (com retiradas dos ingressos na bilheteria do teatro, a partir de uma hora antes do espetáculo)
Informações: (081) 3355-3322